Coluna Bom Dia

Baixaria

O nível de baixaria da campanha assusta e os candidatos têm tudo a ver com isso. Alguns – e nem é preciso fazer muito esforço para saber quem – morrem de rir com os ataques que seus pitbulls fazem aos adversários, ao mesmo tempo em que fingem indignação. Só protestam quando são alvos.

Leniência

Na verdade, há uma aceitação tácita de que a baixaria é incontrolável, quando não é. Que ela não pode ser contida, como é obvio que pode sim, de modo rápido e efetivo. Basta a justiça, os partidos, os candidatos, quererem. E com a população ajudando.

Postagens

Cada um que recebe uma baixaria e compartilha é cúmplice. A lei diz isso. Mas todo mundo acha engraçado brincar com a honra das pessoas, com a verda-de, como se isso não fosse uma indignidade.

Fakes

Ontem, a internet estava lotada de fakes, de meias verdades, de manipulações. De montagens grotescas da prefeita com camiseta do Bolsonaro à velha denúncia requentada do dinheiro da Odebrecht para Bocalom. Como se isso decidisse a eleição.

Denúncia

Uma denúncia oportunista tomou conta das redes. Fiscais truculentos e mal orientados da prefeitura apreenderam algumas dezenas de melancias que um pequeno agricultor vendia para sua dura sobrevivência, sem incomodar ninguém. Pois derrubaram a barraca, com reforço policial. Claro que a repercussão foi a pior possível. Aí é que começam os problemas.

Óbvio

É mais do que óbvio que isso não foi ordem ou recomendação da prefeita. Ou foi alguém querendo aparecer ou a autoridade subiu à cabeça. A coluna ainda não descarta a possibilidade de ação orquestrada de boicote. Ninguém em sã consciência toma uma atitude dessas faltando 20 dias para a eleição.

Quente

O que vazou é que a prefeita, sempre aparentemente tão calma, cobrou com dureza, exigiu apurações, mandou procurar o pequeno produtor, oferecer a ele os serviços do município, as orientações, o apoio que ele deveria ter tido. E a prefeita chamou na catraca os responsáveis.

Resposta

A prefeitura divulgou nota a respeito, que nem de longe reflete a indignação demonstrada pela prefeita, quando soube do episódio. A nota foi a mais ponderada possível. Vale mais pelo que não diz do que pelo que diz.

Nota

Eis a nota da prefeitura: A prefeita Socorro Neri sempre pautou sua gestão pelo respeito aos cidadãos e pela dimensão educativa da fiscalização. Assim, ao tomar conhecimento do episódio de fiscalização en-volvendo um comerciante informal de melancias, a prefeita Socorro Neri lamenta o ocorrido e informa que determinou à equipe da SAFRA a adoção de providências imediatas para oferecer o suporte técnico e material necessários para a inclu-são produtiva do cidadão.

Debate

Ontem à noite houve o debate do DCE da Ufac e até o fechamento da coluna ainda não havia notícias do que estava acontecendo por lá.

Não foi convidado

O candidato do MDB, Roberto Duarte explodiu ao saber que não havia sido convidado para o debate. Realmente é muito es-tranho. Segundo o DCE, foi feita uma !votação! entre estudantes para escolher os cinco que iriam ao encontro e Duarte ficou de fora.

Como é?

O candidato tem o direito de se indignar. Que raio de eleição é essa, em que os estudantes preferem ouvir Jarbas Soster, do minúsculo Avante do que o candidato do maior partido do país, em numero de filiados, diretórios e e eleitos? Muito estranho, mesmo.

Acusação

Roberto Duarte abriu a boca a acusou Minoru Kinpara de ter armado esse golpe contra ele. Falou em alto e bom som que havia siro boicotado por ordem do Minoru na Ufcas. Será?

Segurança

Terça-feira começa o encontro de secretários de segurança aqui no Acre, com a presença de autoridades federais e o Acre tem reivindicações muito pertinentes a apresentar. Para começar, apoio mais forte à vigilância da fronteira. depois, mais recursos para programas de monitoramen-to eletrônico e câmeras de segurança.

Queda

O Acre tem a mostrar forte redução nos índices de violência no estado, mesmo lutando contra facções do narcotráfico organizadas. No estado, caíram os principais índices de violência ou estão sob controle.

Drogas

A ação do Gefron, grupo de fronteiras, aumentou muito a apreensão de drogas que entram no estado, tendo conseguido grandes apreensões, como a de meia tonelada de cocaína no Juruá.

Antes e agora

De 2017 para cá, as estatísticas mostram significativos avanços, Nesse ano, em 2017, as mortes no estado estavam a quase 90 casos por cem mil habitantes. Estão, hoje, cortadas a metade.

Crimes

Os crimes contra o patrimônio caíram muito. Roubos, furtos, roubo de carros, tudo isso vem em tendência de forte queda. Bons números para serem apresentados para embasar as justas reivindicações.

Adesões

Alguns notáveis do PT , de outras batalhas eleitorais memoráveis, gente com profunda identificação om o partido, bateu asas para outras campanhas. A maioria está apoiando Socorro Neri e foram muito bem recepcionados.

Com Socorro

É o caso do empresário Badate, a ativista Concita Maia, o jornalista Toinho Alves, o também jornalista Altino machado, o ex-secretário Dudé Lima.

Candidato

No PT, alguns caciques deram com a língua nos dentes e revelaram que o partido trabalha com Jorge Viana como cabeça de chapa em 2022 ao governo. Nesse quadro, Marcus Alexandre seria candidato a deputado federal.

Vagas

O PT estaria disposto a abrir negociação para as candidaturas de vice e de senador, a serem controladas por aliados. Bom, pelo menos é nisso que se pensa faltando meses para a eleição municipal. Depois serão longos dois anos.