Brasil aumentará concessão de vistos para haitianos

haiti_ok61748

O governo brasileiro vai aumentar a expedição de vistos em Porto Príncipe, capital do Haiti, segundo informou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A decisão foi tomada após reuniões do ministro com integrantes dos governos de Bolívia, Peru e Equador, entre segunda e quarta-feira. Cardozo viajou a esses países para reuniões em que se discutiu o combate a organizações criminosas que transportam haitianos ao Brasil por meio de rotas irregulares.

Até abril de 2013, vigorou um limite de 1,2 mil concessões anuais de vistos permanentes por razões humanitárias – 100 por mês – para haitianos que decidiam migrar para o Brasil. O limite foi instituído pelo governo no ano anterior. Uma resolução do Conselho Nacional de Imigração, publicada em 29 de abril de 2013, acabou com esse teto.

Há 15 dias, o ministro da Justiça já havia prometido ampliar a quantidade de vistos aos haitianos, depois de participar de uma reunião com os ministros da Casa Civil, Aloizio Mercadante; de Relações Exteriores, Mauro Vieira; e o governador do Acre, Tião Viana (PT). O Acre é a principal porta de entrada de imigrantes ilegais. Cardozo, na noite da última quarta, repetiu a promessa após a participação nas reuniões internacionais.

– Queremos combater as organizações criminosas, mas permitir que aqueles que queiram vir ao Brasil venham de maneira legal. Para isso, vamos ampliar a expedição de vistos em Porto Príncipe, no Haiti, e vamos discutir medidas policiais de controle migratório legalizado entre esses países – disse o ministro.