Brasil cria 58 mil empregos e tem melhor novembro

O Brasil registrou criação líquida de 58.664 vagas formais de emprego em novembro, acima do esperado e no melhor dado para o mês desde 2010, informou o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged]) divulgado nesta quinta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho.

Em pesquisa Reuters com analistas, a expectativa era de abertura de 27,5 mil postos no mês.

“O fato do mês de novembro ter representado essa recuperação significa no mínimo que o ritmo da atividade econômica está acelerado neste final de ano, sinalizando expectativas tanto de consumidores quanto de empresas mais positivas”, afirmou o diretor de Emprego e Renda do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães.


Foto: Agência Brasil

Dos oito setores pesquisados, dois apresentaram resultado no azul. A liderança foi do comércio, com abertura líquida de 88.587 postos, seguido pelo setor de serviços, com saldo positivo de 34.319 vagas.

“O fato do mês de novembro ter representado essa recuperação significa no mínimo que o ritmo da atividade econômica está acelerado neste final de ano, sinalizando expectativas tanto de consumidores quanto de empresas mais positivas”, afirmou o diretor de Emprego e Renda do Ministério do Trabalho, Mário Magalhães.

Dos oito setores pesquisados, dois apresentaram resultado no azul. A liderança foi do comércio, com abertura líquida de 88.587 postos, seguido pelo setor de serviços, com saldo positivo de 34.319 vagas.

Fonte: Exame