Coluna Acre em Foco

Leo de Brito

Depois de se destacar na CPI da Petrobras e em muitas outras comissões técnicas da Câmara, o deputado federal Leo de Brito (PT-AC) usou uma estratégia política de grande relevância para garantir recursos federais para o governo e prefeituras do Acre investirem no próximo ano.

 

Atuação forte

A estratégia do jovem deputado acriano foi atuar forte nos projetos de lei que definem a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que regem o Orçamento Geral da União (OGU) de 2016, e o Plano Plurianual (PPA) que prevê os investimentos do governo federal entre os anos de 2016 e 2019.

 

Investimentos no PAA

Nos últimos dias, além de apresentar emendas ao projeto da LDO, que vão respaldar as emendas coletivas e individuais apresentadas pela bancada federal do Acre no OGU, o deputado apresentou cinco emendas prevendo investimentos importantes para o estado no PPA do governo federal.

 

Cinco áreas

As emendas do deputado ao PPA garantem recursos para investimentos nas áreas de educação, de florestas plantadas, de pavimentação de ramais, de segurança pública e do transporte ao longo da rodovia federal BR-317, que liga o Acre à Rodovia Interoceânica, no Peru.

 

Presas no Acre

O Portal G1, da Globo.com, destacou ontem que em todo o Acre ao menos 214 mulheres estão privadas de liberdade nos presídios. Dados do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen), do Ministério da Justiça, apontam que nos últimos 15 anos a população carcerária feminina aumentou 567% em todo o Brasil.

 

Tráfico e roubo

Segundo o portal, no único pavilhão feminino no presídio da capital, 156 mulheres cumprem pena. Cinco delas estão grávidas e além de aguardarem pelo momento do parto, esperam também por um dos momentos mais difíceis, a hora da separação. Os crimes mais cometidos pelas detentas são os de tráfico de drogas e de roubo.

 

Menos imigrantes

O Portal G1 também destacou que o abrigo dos imigrantes em Rio Branco está cada vez mais vazio, em comparação com o início do ano, segundo a coordenação do local. No final de outubro, o governo renovou o contrato com uma empresa de ônibus para realizar 14 viagens até o dia 29 de fevereiro de 2016 e até agora foram realizadas cinco viagens, um total de 220 pessoas.

 

Várias capitais

Cada ônibus que sai do Acre, segundo o portal, tem capacidade para levar 44 passageiros. Do Acre, os imigrantes seguem viagem para Porto Velho, Curitiba, São Paulo, Porto Alegre, Campo Grande e Cuiabá. Até a última terça-feira, foram registrados 123 estrangeiros, entre haitianos, senegaleses e dominicanos.

 

Vitórias de Dilma

No Congresso, o governo da presidenta Dilma obteve nos últimos dois dias vitórias que, mesmo apertadas, foram importantes para o equilíbrio das contas públicas do país, pois se tratava de manter vetos presidenciais a projetos de lei aprovados pelo Congresso que iriam aumentar o rombo em tais contas.

 

Menos prejuízos

Das vitórias representadas pela manutenção dos vetos presidenciais, as mais importantes foram as que davam grandes aumentos aos servidores do Judiciário e o projeto de lei que estendia aos salários de todos os aposentados a política de reajuste do salário mínimo.

 

Novas batalhas

Depois de manter seus vetos, o governo da presidenta Dilma terá mais duas batalhas importantes no Congresso Nacional ainda este ano. Trata-se da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2016 e da PEC da Desvinculação das Receitas da União (DRU), que irá precisar de 308 votos na Câmara para ser aprovada.