Coluna Acre em Foco

Por Romerito Aquino

Tião Viana

Acompanhado do deputado federal Leo de Brito (PT-AC), da chefe da Casa Civil, Márcia Regina, e do secretário de Planejamento, Márcio Veríssimo, o governador Tião Viana, participou ontem, em Brasília, de mais uma rodada de audiências com ministros para tratar de assuntos de sua gestão à frente do Acre.

 

Três ministros

Desta vez, Tião Viana se encontrou com os ministros dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, da Educação, Aloizio Mercadante; e do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, com quem tratou, respectivamente, da situação do tráfego na BR-364 até Cruzeiro do Sul, de programas para a Educação e de questões rurais do estado.

 

Recuperação da BR-364

O destaque dos três encontros se deu com o ministro dos Transportes, que foi sensibilizado por Tião Viana a aprovar a liberação de R$ 230 milhões para recuperar todos os trechos danificados da BR-364, entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, o que vai permitir normalizar o tráfego na rodovia da integração pelo menos até ao próximo ano.

 

Vitória do povo

“Vitória para o povo do Acre” comemorou o governador nas redes sociais, ao informar que a próxima etapa será licitar e executar as obras de recuperação de todos os trechos críticos da maior rodovia acriana. Também nas redes sociais, a novidade foi considerada pela secretária de Comunicação, Andrea Zílio, como “notícia maravilhosa e muito importante para o povo do Acre”.

 

Fim do analfabetismo

Com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, o governador e seus auxiliares trataram da cooperação com o programa Quero Ler, através do qual o governo acriano pretende zerar o analfabetismo no Estado até 2018 com menos tempo de curso para a alfabetização. Com Patrus Ananias, Tião Viana tratou de questões relacionadas ao meio rural.

 

Leo de Brito

Além de acompanhar o governador em sua agenda na capital federal, o deputado Leo de Brito participou da audiência que a diretora do Instituto Dom Moacyr, Rita Paro, manteve com Fábio Cardoso, coordenador de Infraestrutura de Projetos Educacionais do MEC, e com Daniela Metello, coordenadora-geral do Pronatec.

 

Márcio Alécio

Outro que esteve em Brasília tratando de questões do Acre foi o superintendente do Incra no Estado, Márcio Alécio, reuniu-se esta semana com o ministro Patrus Ananias e a presidenta do Incra, Maria Lúcia Falcón, para tratar sobre novos desafios da reforma agrária e apresentar demandas das famílias assentadas e dos servidores do Incra do Acre.

 

Novo Plano Safra

Márcio Alécio discutiu com as duas autoridades o Plano Safra 2016/17, que priorizando investimentos na produção de alimentos da agricultura familiar, ampliação dos limites de créditos, ampliação do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), entre outros assuntos também do interesse da economia rural do Acre.

 

Titulação imobiliária

Outro assunto importante discutido por Alécio na capital federal foi a publicação, na próxima semana, do decreto de regulamentação da Lei 13.001, que permite ao Incra retomar o processo de titulação imobiliária no país. Além disso, a lei estabelece os novos procedimentos e critérios de seleção para assentamento e permanência das famílias nos projetos de assentamento de reforma agrária.

 

Base social de Dilma

Enquanto combate o golpe de Estado, em andamento no Senado Federal contra o seu mandato popular, a presidente Dilma Rousseff quer aproveitar o próximo domingo, 1º, Dia do Trabalho, para fazer anúncios de duas medidas que reforçarão seu elo com a base social do país.

 

Bolsa Família e IR

A primeira das medidas a serem anunciadas pela presidenta Dilma é o reajuste nos benefícios do programa Bolsa Família, que pode ser de até 5%, e a outra medida será a definição do porcentual de correção que será dado na tabela do Imposto de Renda para compensar a inflação acumulada nos últimos doze meses.