Coluna Bom Dia


publicidade

Profissional

Os últimos acontecimentos mostram que a política do Acre é cada vez mais um jogo para profissionais. Amadores são logo descartados. Quem não aguentar o tranco nem tente se arriscar na disputa política. O jogo é bruto. Quem não sabe brincar, não desce para o play.

Oculto

Por trás das articulações políticas recentes no estado, existem algumas figuras ocultas, que se movimentam na sombra e que têm importância primordial nos rumos que a sucessão municipal está tomando. E com implicações fortes para o pleito de 2022. Descobrir essas entidades fantasmas é parte do processo de desvendar as surpresas políticas.

Explodiu

Do PT ao PSL, as articulações do governador Gladson Cameli estão fazendo explodir os conflitos internos dos partidos, com impactos diretos nas candidaturas já postas para a sucessão na capital. Ninguém está passando incólume pelos terremotos políticos que acontecem em sequência no Acre. 

Destino

Uma análise política interessante está tomando corpo no estado. Ela estima como destino final do governador Gladson Cameli pode ser o MDB. Seria uma jogada que teria como pano de fundo as eleições de 2022. Entraria no jogo a reeleição do Governador, a vaga para o Senado e mudanças profundas nas alianças políticas. Até a eleição deste ano para a Prefeitura da capital seria impactada por acontecimentos que ocorreriam só no ano da disputa estadual e Nacional.

Articulação

Esta articulação incluiria um candidato a vice-prefeito peso para Socorro Neri, que poderia estar livre para cumprir um papel importante na eleição de 2022. A execução desse malabarismo político exigiria engrenagens funcionando à perfeição, o que parece estar acontecendo.

Parado

A realidade é que a sucessão municipal, pelo menos em Rio Branco e em Cruzeiro do Sul, parou de vez à espera da volta do governador Gladson Cameli de São Paulo. O governador deve se concentrar agora nas preocupações com a saúde do seu pai, Eládio, em tratamento naquela capital. Só depois do retorno do Governador é que essa encrenca política começará a ser desenrolada.

Súplica

O pastor Reginaldo Ferreira, presidente do diretório do Progressistas na capital, anda meio atrasado em suas penitências. Depois de 15 dias do vazamento das acusações que fez ao Governador, ele foi às redes sociais praticamente suplicar por perdão. Publicou um desabafo lacrimoso ao Governador pedindo “perdão, perdão”. Houve quem viu lágrimas de crocodilo. 

Sem contato

O mais interessante do pedido de perdão do pastor foi a revelação de que há 15 dias ele tenta um contato pessoal com Gladson, para exprimir suas desculpas e não consegue. Ou seja, está fora das prioridades de Gladson Cameli. Isso diz muito sobre a situação do Progressistas no estado.

Origem

Há comentários que a origem das desavenças do pastor Reginaldo com o governador está na tumultuada passagem de Reginaldo como diretor da secretaria de Educação. Consta que ele tentou uma rasteira política para ter o comando da pasta e não foi bem sucedido. Criou problemas com professores e diretores e acabou saindo. Isso teria sido o motivo de seus problemas com o governo

Popularidade

O governador embaralha as cartas da sucessão em Rio Branco, mas nenhum partido ou candidato gostaria de bater de frente com ele na campanha. Todas as pesquisas mostram crescimento acelerado da popularidade e aprovação do governador, especialmente na capital.

Boas vindas

O dirigente do PSDB Correinha diz que não vê problemas na adesão do governador ao partido. Disse que ele viria para somar. Especialmente para Os tucanos que têm cargos na administração estadual

Pesar

A coluna expressa o pesar pelo falecimento do Senhor Afonso, tio da prefeita Socorro Neri, que morreu vítima de covid, aos 79 anos. Ele morava em Tarauacá, mas estava há mais de vinte dias internado no HUERB, com diabetes e complicações da Covid-19.

Sepultamento

A prefeita acompanhou o sepultamento no cemitério Morada da Paz, numa despedida que ela classificou como silenciosa e muito triste. As condolências à viúva, filhos e netos, e à irmã Terezinha, a única remanescente de uma prole de treze irmãos. Ainda esta semana a prefeita havia perdido outro tio, o senhor Topázio, casado com uma irmã de seu pai.  Também por Covid-19

Vítima

O tio da prefeita foi mais uma vítima da doença que voltou a crescer de forma assustadora na capital, com reflexos em todo o estado. Ontem foram mais 10 mortes. Já são 350 os óbitos pelo coronavirus no estado, segundo boletim divulgado pela SESACRE.

Conflito

O pastor Paulo Machado declarou em transmissão da internet que o governador não vai voltar a fechar as igrejas no estado, como recomenda o comitê da Covid.  Isso pode ter implicações grandes, porque o Ministério Público Federal certamente vai questionar esta decisão na justiça. Será a pressão dos setores evangélicos de um lado e do Ministério Público de outro.

Tentativa

Aproveitando a confusão criada pelo anúncio da entrada do Governador no PSDB, o Coronel Ulysses botou as manguinhas de fora e divulgou carta aberta, se relançando como candidato a prefeito pelo PSL. Foi imediatamente calado e desautorizado pelo presidente do diretório, Pedro Valério, que afirmou que quem manda no PSL é o vice-governador Rocha.

Razão

À boca pequena, circulou o boato de que a manifestação do coronel Ulysses tinha um objetivo bem prosaico: o de conseguir o pagamento devido à sua empresa pelo Estado. Na eleição de governo, ele teria conseguido um acordo com o então Governador Tião Viana que ele tanto atacava e recebido seus caraminguás. 

Pode tudo

Na política acreana tem lugar para tudo. Aliança do Progressistas com o PT no interior. Ex-adversários petistas candidatos por partidos de centro e de direita em vários municípios e até a perspectiva de uma Coligação na capital, que reúna desafetos da ordem do PSL com o PSDB do governador de São Paulo João Dória, incluído o PSB da prefeita Socorro Neri e do governador Flávio Dino, desafetos tanto de Dória como do presidente Bolsonaro. Vá entender os caminhos da política acreana.

Transparência

O portal da Covid da Prefeitura de Rio Branco ganhou o conceito de ótimo e está em quarto lugar no ranking da Transparência das contratações emergenciais no combate à covid-19. A nota chegou a 98,73. Curiosamente, o governo federal é o penúltimo nesse ranking da Transparência. Só ganha do governo de Roraima, que não oferece dados nenhum.

Incêndios

A WWF, entidade ambientalista internacional, adversária explícita do governo brasileiro doou equipamentos de combate a incêndios florestais para o governo acreano. As equipes que receberam o material já estão em treinamento, formando brigadas de combate às queimadas

Sancionado

A prefeita Socorro Neri sancionou duas leis importantes aprovadas pela Câmara Municipal. Primeiro, uma de seu adversário firme, o vereador Marcos Luz, do MDB, que proíbe o uso e venda do cerol e da linha chilena na cidade. O segundo da vereadora Lene Petecão, que institui o programa de conscientização e prevenção contra a violência à pessoa idosa. Dois projetos importantes que mereceram a atenção da prefeita acima de questões partidárias.

Implicações

A possível ida do governador para o PSDB terá influência também, se concretizada, nas eleições do interior. Um dos municípios que seria atingido é Senador Guiomard, onde o apoio de Gladson Cameli ao PSDB implodia a candidatura da nora da Senadora Mailza Gomes pelo Progressistas. Por isso não é boa prática brigar com o governador.

Orgasmo

Ontem foi comemorado o Dia do orgasmo, muito a propósito das movimentações políticas no estado, que dão prazer a alguns, mas podem incentivar a falta de libido ou até a ejaculação precoce em outros. Em plena pandemia, com distanciamento social é difícil comemorar bem o dia do orgasmo.

Cerveja thru

E para quem gosta daquela cerveja artesanal com qualidade a Seringal Bier lança hoje no Drive-thru da Seringal Bier a Seringuete, cerveja de 400 ml em embalagem descartável. Mas para os apreciadores também tem Pilsen, Cream Ale, Red, Vienna e Neipa. Uma unidade móvel atenderá das 10h30 às 13h. Fica ali nas proximidades da Escola Armando Nogueira na Av. Ceará.