Coluna Bom Dia

Patrimônio

O patrimônio dos candidatos a prefeito da Capital varia de R$ 350 mil a pouco mais de R$ 6 milhões. Jarbas Soster é o candidato mais rico e Socorro Neri a que tem menor patrimônio declarado. Além de Soster, Bocalom é o único dos candidatos com patrimônio pessoal superior a R$ 1 milhão.

Candidatura

Encerrado o prazo de registro de candidatura, os sete candidatos a  prefeito da Capital podem começar a campanha hoje. Alguns estão com a proposta da campanha mais adiantada, outros mais atrasada, mas já dá para notar a preocupação de todos com uma campanha barata e profissional.

Carreata

O Progressistas prepara carreata amanhã para recepcionar o candidato Tião Bocalom, que chega junto com o senador Sérgio Petecão. Prometem cumprir todos os procedimentos de distanciamento social e normas higiênicas. Progressistas e PSD querem movimentar o início da campanha.

Coligação

A prefeita Socorro Neri terá a maior coligação de apoio, com oito partidos. O último a entrar foi o pequeno PTC, que marcou presença com seus dirigentes na cerimônia de registro da chapa. O clima parece estar ameno na coligação, que já definiu a coordenação de campanha, com cinco pesos pesados da política acreana.

Sem aventureiros

Minoru Kinpara lembrou em postagem os 112 mil votos que teve para senador, afirmando que a disputa de prefeito não é campo para aventureiros. Minoru está andando muito pelos bairros, conversando com a população, recebendo de volta boa receptividade e apoio.

Mentira

A mentira e a falsificação tomam conta das redes. Algumas tentativas são tão canhestras que mais parecem pegadinhas.  Um cara de pau publicou foto de grama enrolada simulando crítica ao asfalto da prefeitura. A coisa é tão malfeita que o máximo que pode causar é risos, embora a indignação também seja grande. Muita cara de pau.

Ponte

O presidente Bolsonaro, atendendo solicitação do governador Gladson Cameli e do senador Marcio Bittar determinou pressa nas obras da ponte do Madeira, reafirmando que deseja inaugurar a obra até dezembro. Entretanto, a ponte se encontra em um estágio em que não basta o interesse e a pressa do presidente. Algumas etapas precisam acontecer dentro do tempo natural da obra.

Concreto

Os pilares de concreto que fazem a sustentação da base da cabeceira situada em terreno alagadiço já estão montados, mas o problema é que, antes de qualquer outra ação no local, será preciso esperar o que chamam de processo de cura do concreto. A maturação natural da estrutura. Se isso não for feito, comprometerá a resistência e a ponte que pode se desestruturar.

Muito a ser feito

Engenheiros que viram a foto da situação da ponte enviada pelo DNIT ficaram descrentes de que a obra possa estar pronta em dezembro. Ainda há muito a ser feito. Outra questão grave é a da chuva, que ontem começou a dar as caras pelo Acre. Se chover muito, como está previsto para este ano, a situação se complica ainda mais. Mas vale o otimismo e a disposição do governo federal que, enfim, se mobilizou para apressar a ponte.

Violência

Reportagem de hoje em A TRIBUNA mostra a situação difícil da facção Comando Vermelho, que está sendo atacada em todo o país, tanto por seus rivais do PCC, por outras facções regionais, como pela milícia que rouba seus bairros controlados no Rio de Janeiro. Essa disputa é sinal de mais violência vindo por aí.

Acre

O Acre é hoje um Estado fundamental  para o Comando Vermelho, que assumiu o controle de posições importantes, especialmente na área de fronteira, para facilitar a rota de tráfico. O Acre passou a ser importante e por isso será alvo de disputa, já as outras facções, especialmente o PCC, pretendem retomar o comando do Estado.

Método

Mais que prender traficantes, o novo método de ação da Polícia Federal visa atacar o cerne financeiro das facções, área que controla a arrecadação e a distribuição do dinheiro que mantêm as facções. A PF acredita que o golpe será maior dessa forma.

Indígena

É de grande beleza e parece ter grande praticidade o projeto do governo das escolas indígenas que serão construídas a partir do ano que vem. Apesar do aspecto futurista, elas se enquadram perfeitamente na cultura dos povos ancestrais do Acre. Podem se tornar uma extraordinária iniciativa, não só para garantir educação de qualidade, como para aprimorar os laços culturais das várias etnias. Uma grande ideia.

Adaptado

A grande vantagem das novas escolas é que elas podem ser adaptadas a qualquer tipo de terreno, pois são erguidas em um sistema parecido com o de palafitas, não exigindo grande preparo de terreno , de acordo com a realidade das aldeias. Existe também a preocupação com a autossuficiência energética é a sustentabilidade.

Avaliação

A Secretaria de Educação quer realizar uma avaliação presencial com estudantes das escolas rurais, que têm mais dificuldade em acessar o ensino remoto. A atividade está marcada para começar a partir do dia 6 de outubro, com todas as garantias de higiene e distanciamento. A Secretaria quer, no máximo, 15 alunos por sala. Dependerá de avaliação mais precisa do Ministério público.

Número

Até o fechamento das inscrições de candidaturas, o número extraoficial apontava que o Acre terá 87 candidatos a prefeito nos 22 municípios e 2.673 candidatos a vereador. Some-se a isso mais 87 candidatos a vice-prefeito e se constatará uma multidão em busca de escassos votos. Em todo o país serão 512 mil candidatos. 

Igreja

O Ministério Público Federal quer derrubar e declarar inconstitucional a lei acreana que autorizou a abertura dos tempos religiosos e considerou a atividade como essencial. O Ministério público pede a anulação, considerando que a autorização de funcionamento, em casos que envolvam saúde pública, é da competência das autoridades municipais.

Revolução

Ainda há quem sonhe com a revolução. Aqueles que ainda acreditam em mudança radical do poder, em um futuro socialista e igualitário. Mais que nunca o PSTU se isola nesse campo da esquerda radical e não se coligou com nenhum outro partido nos locais em que decidiu ter candidato. É bom que existam partidos como o PSTU, que cubram legalmente espectro ideológico, com legendas da extrema direita democrática à extrema esquerda.

Militares

O governo do Estado está limitado pela Lei de Responsabilidade Fiscal em sua promessa de fazer o possível pela área da Segurança. Sem poder contratar mais gente, o governador quer pelo menos preencher as vagas da última chamada que ainda estão em aberto por desistências dos convocados. Isso vai acontecer em pouco tempo.

Redução

O governador recebeu o Estado gastando de 64,2% de sua arrecadação com o funcionalismo. Conseguiu reverter em parte e o índice hoje é de 53,47%, ainda acima do permitido, mas a caminho da estabilização.

Pesquisa

A semana que começa deve trazer resultados de pesquisas registradas realizadas no Estado . Talvez em Rio Branco e também em Cruzeiro do sul. Vão servir para analisar a largada inicial da campanha.

Antropóloga

A coluna recebeu vários relatos da passagem pelo Acre da antropóloga que denunciou abusos sexuais nas religiões ligadas ao daime. São coisas de estarrecer e mostram a má-fé das denúncias. Tem até uma história cabeluda de uma surra que a antropóloga levou ao ser encontrada na casa da amiga que a hospedava, em flagrante na cama com o marido da outra. Grande moral para falar dos outros.