Coluna Bom Dia

Pesquisas

Mais uma pesquisa, dessa vez da Record/Gazeta Big Data. Mostra literal empate em primeiro lugar entre Socorro Neri e Minoru Kinpara, com Duarte à frente de Bocalom na terceira colocação. Socorro Neri vence na espontânea e, principalmente, a boa notícia para ela, é que vence com folga em todas as simulações de segundo turno.

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno Socorro Neri vence com folga, fora da margem de erro. Nesse caso, a situação mais apertada seria uma disputa dela com Minoru Kinpara. Nesse caso, a prefeita abriria 41% a 33%, sólida diferença de oito pontos.

Vantagem ampla

Em uma eventual disputa de Socorro Neri com Bocalom, no segundo turno, a prefeita teria impressionantes 20 pontos de vantagem, 51% contra 31%. Con-tra Roberto Duarte, 47% a 30%, 17 pontos de vantagem.

Não transferem

O que a pesquisa mostra é que os opositores de Socorro Neri não transferem votos entre si automaticamente em um segundo turno. Ao contrário, os votos de eventuais derrotados no primeiro turno tendem a migar para a prefeita. Um caso interessante.

Subida

Embora com empate, o viés de Socorro Neri é de alta. De uma pesquisa da Real Big Data para outra, ela subiu sete pontos, enquanto Minoru só subiu dois. A rejeição da prefeita diminuiu. A rigor, não é possível, em termos estatísticos, comparar uma pesquisa com a outra, pois os critérios foram diferentes, especialmente na margem de erro, a primeira com 4% e esta, com mais questionários e com 3%.

Bobagem

Uma outra pesquisa divulgada ontem por aquele instituto de nome esquisito de Rondônia tem uma diferença tão absurda desta que só pode ser brincadeira. Por exemplo, Socorro Neri tem uma diferença de 50% em votos de um levantamento para outro. Esse é um caso de acionar a Justiça Eleitoral. Fake.

Fake News

Por falar nisso, a usina de fake News produziu dois vídeos criminosos que estavam circulando ontem pelos grupos de WhatsApp ligados a determinado candidato. Logo um que vive pedindo ética na campanha. A justiça eleitoral já tem dados para identificar e punir os autores.

Mentira

Fake News aceita tudo. Mentira deslavada. O autor de um dos vídeos, inconformado com o resultado da pesquisa da Data Control acusa seu diretor, Denys, de ser alto funcionário da prefeitura. Mentira. Denys comprovou on-tem que não tem vínculo com a administração municipal. Mais essa falcatrua na campanha.

Ativos

Os eleitores e, principalmente candidatos e parentes de candidatos ligados a Minoru Kinpara estão ativos nas redes, questionando o resultado das pesquisas. Aparecem em proporção de três vezes maior que os de outros candidatos. Especialmente, os grupos de mulheres organizados pela esposa de Minoru são muito atuantes.

Apelo

Jorge Viana foi para as redes fazer quase um apelo desesperado. Generalizou perigosamente e acusou todos os que venceram o PT de estar, em última análise, roubando. Foi uma acusação caluniosa.

Trabalho

Também não pegou bem o ex-senador dizer que os candidatos do PT só querem mostrar trabalho. Essa oportunidade não faltou. Foram 20 anos no governo e 14 na prefeitura. O eleitor simplesmente os colocou na oposição na última eleição e parece que quer que eles continuem lá por mais esse pleito, pelo menos. Coisas da democracia.

Roubo

Aliás, a rigor, nenhum partido ou candidato pode querer ter a primazia da virtude. Vários já foram ou têm na própria chapa condenados por falcatruas, ou tem no seu entorno pessoas que já sofreram punições, inelegibilidades, que estão devendo na justiça e nas esferas administrativas. Como não é eleição para coroinha de Dom Joaquin Pertinez, não se exige santidade, mas que não se jogue pedra no telhado de vidro do adversário, sem cuidar do seu.

Crime

As primeiras investigações da Polícia praticamente descartaram possibilidade de crime político na morte do primo de Minoru Kinpara, assassinado com mais de dezena de tiros. Tudo aponta para acerto de contas de facções.

Bairro

O rapaz era do movimento comunitário, em região barra pesada, em território de facções e essa é uma posição sempre perigosa. Atuava na Sapolândia, um dos pontos centrais na luta das facções. Pode ter mexido com quem não devia.

Alvo

Levi Freitas de Andrade já havia escapado de uma tentativa de homicídio, tendo até feito B.O. do caso. Bem antes da campanha. Seus problemas estavam ligados à questão da Sapolândia e à disputa entre as facções para o comando do bairro, que sempre respinga no movimento comunitário.

Mansão

Um desconhecido, há pouco mais de ano, havia comprado uma residência já de alto padrão em determinado bairro tradicional da capital e havia reformado a casa, a transformando em uma mansão de cinema, para espanto dos vizinhos, que passaram a se acostumar com as constantes fes-tas, comemorações, carrões na até então pacata vizinhança.

Até helicóptero

Na quinta-feira, a rotina da mansão e do seu nada discreto proprietário foi quebrada com a operação da Polícia Federal, que acordou a vizinhança bem cedo. Os agentes invadiram a mansão com mandatos de busca e apreensão e até helicóptero foi ouvido sobrevoando a região. Estava explicada a origem dos aparentes intermináveis recursos financeiros e da prosperidade do proprietário novo-rico.

Debate

O DCE da Ufac promove hoje necessário e fundamental debate entre os candidatos a prefeito. O evento será transmitido pelo Youtube e pelo Instagram. Vale a pena assistir. Ontem, os candidatos se preocuparam em se preparar para a contenda.

Lá e cá

A pressão das mulheres e da imprensa conseguiu fazer com que o Santos cancelasse o contrato om Robinho, condenado a 9 anos por estupro. No Acre, o contrato do goleiro Bruno, que nunca revelou o destino do corpo de sua amante assassinada, não só está em vigor como ele bate até pênalti na equipe. Mesmo sofrendo manifestações por onde anda, como no Pará.

Ranking

Aí muita gente não entende por que Rio Branco lidera o ranking dos feminicídios do país. Tem gente que acha isso normal. Até autógrafos para crianças Bruno está dando. Sem contar alguns vídeos picantes dele que já começam a circular.

Recurso

O Tribunal de Contas negou recurso da prefeita de Tarauacá e do Prefeito de Feijó em processo por extrapolação de gastos. Os dois gestores terão que pagar R$ 30 mil de multa, cada.

Máscaras

E a Secretaria de Educação obteve parecer favorável do TCE para a compra de 200 mil máscaras para a volta ás aulas. As máscaras serão encomendadas no mercado local, para as costureiras da capital e vão ajudar a movimentar a pequena economia. Muito boa medida.