Coluna Bom Dia

Balanço

A despeito de algumas notas e avaliações raivosas, parte da oposição, o balanço dos 500 Dias da administração de Gladson Cameli é amplamente positivo. Chega, na verdade, a surpreender em vários aspectos, especialmente para um governo que assumiu as rédeas de um Estado que vinha há 20 anos na direção política contrária. Não é fácil dar um verdadeiro cavalo de pau na administração, com resultados promissores. O governo tem conseguido muito em relativamente pouco tempo de administração.

Imparcial

É preciso ser imparcial para um diagnóstico preciso. Gladson Cameli tem cumprido, mesmo a duras penas, algumas promessas que muita gente pensou que ele fosse abandonar tão logo tomasse posse. Mas ele tem sido coerente com seus propósitos. Isso é uma vantagem, o governo não promove surpresas, não quer inventar a pólvora, não se vale de expedientes mirabolantes. É pé no chão e com isso dá estabilidade ao Estado.

Exemplos

Talvez o principal exemplo de palavra empenhada que tem dado resultado é a promessa de, em hipótese alguma, atrasar o pagamento do funcionalismo. Nem nos momentos mais difíceis desses primeiros 500 dias, houve qualquer vacilo por parte do governo nessa promessa. Ao contrário, Gladson não está pagando só suas obrigações, mas também o legado difícil que recebeu de atrasos de pagamentos e verbas do governo passado. Na atual circunstância do país, já é uma grande vantagem.

Compromisso

Mesmo agora, em plena pandemia da covid-19 enquanto outros governadores estão arrancando os cabelos para buscar soluções de parcelamento de salários e de repasses constitucionais, o governador reafirmou de público que o pagamento do funcionalismo está assegurado. Isto não pode ser encarado apenas como obrigação. É também conquista cada vez mais rara no país.

Lealdade

Os maiores problemas do governo se situam no campo político. Gladson chegou ao poder capitaneado uma coligação improvável, um grande e desarranjado barco, em que era óbvio que não cabiam tantos tripulantes. O processo de acomodação vem sendo natural e fica no barco quem tem uma aproximação maior, uma identidade de propósitos. Desta forma, ou fica gente pelo caminho, ou barco vai fazer água de tão cheio.

Não mais parceiro

Hoje, não se pode contar com o MDB como um parceiro sequer institucional, o que dirá político do governo. No frigir dos ovos, algumas lideranças ainda mantém um relacionamento de ocasião. Mas os objetivos estão ficando cada vez mais distantes da cooperação e já entrando em clara política de confronto. E parece que não há interesse de nenhum dos dois lados em reativar as linhas de aproximação.

PSDB

Os dois partidos também já não têm muito em comum, é cada vez mais óbvio que não seguem a mesma orientação política. Esta posição podia ser sentida ontem. Enquanto o governo defendeu e trabalhou junto com a prefeitura de Rio Branco para a decretação do rodízio, a deputada Mara Rocha foi de público criticar o rodízio.

Por que

A deputada Mara Rocha deu voz ao pensamento do irmão vice-governador, que não podia questionar ele próprio o problema. Foi uma maneira óbvia de mostrar seu descontentamento com o diálogo entre prefeitura e governo.

Aproximação

E a prefeita Socorro Neri além da identidade no combate à covid-19, tem feito uma série de ações que estão sendo chanceladas pela administração estadual e a prefeitura. Um exemplo claro é a operação força máxima, com obras na Capital.

Assistência Social

Nas suas redes sociais, a prefeita Socorro Neri divulgou também com destaque a reunião que manteve com a nova secretária de Ação Social, que a prefeita fez questão de chamar na publicação de “minha querida amiga Ana Paula Lima”. Ambas debateram a política de atendimento aos imigrantes e implementação de ações na política de assistência à população de rua.

Pesar

A morte de Abrahim Farhat representa um baque e uma emoção imensa para todos os que acreditam na valorização do homem, na solidariedade e na dedicação ao próximo. Uma perda irreparável para o Acre.

Unanimidade

Lhé conseguia essa raríssima unanimidade das opiniões a favor. Ninguém precisava compartilhar sequer dos mesmos valores ou defender as mesmas causas, para admirar a coerência de suas ações, para comemorar a vida inteira que manteve firme na defesa das causas em que acreditava. Lhé era um profeta da utopia, um homem extraordinário que será sempre lembrado pelo tamanho de seu coração, de sua gentileza e da força de seus ideais.

Todos

Da esquerda mais radical, até à direita mais em empedernida, não há pessoa de boa vontade no Acre que não admirasse Abrahim Farhat e que não se sinta, hoje, um pouco órfão com seu falecimento. Um acreano de grandeza incomparável. Um amigo próximo que se vai. A história das lutas acreanas, que se despede e passa à imortalidade. Que Lhé descanse em paz. Ele fez por merecer a admiração de todos

Renal

Lhé foi vítima de paradas cardiorrespiratórias, agravadas pela debilidade de sua saúde, em função de problemas renais que já o haviam levado à hemodiálise. Mas nada parava sua imaginação sempre criadora e profundamente solidária. Em todos os setores, da política, da cultura, até dos esportes. O Juventus faz questão de homenagear um de seus mais ilustres torcedores e fundadores.

Reagentes

Chegaram enfim, os reagentes para a continuidade dos exames realizados pelo laboratório Charles Murieux. A falta das substâncias estava levando a uma subnotificação dos reais casos da covid-19, que devem, agora, experimentar um grande impulso, graças ao  diagnóstico preciso.

Expansão

E a covid-19 se espalha no interior. Feijó tem mais dois casos com diagnóstico rápido comprovado e em Cruzeiro do Sul os casos já passam de 200, com pelo menos três óbitos. A situação se agrava.

Rodízio

Começa na madrugada desta noite, rodízio de carros na Capital. É prematuro debater se vai funcionar ou não, se é conveniente ou não. O certo é que está bem pensado, preparado, é uma ação necessária, já que o isolamento voluntário é uma solução que a população se recusa a acatar. Vamos torcer para que dê certo e os problemas sejam superados.

Comida

Referente à nota publicada na coluna, o Iapen esclarece que os presos já trabalham no preparo das refeições na penitenciária e que esta atividade já serve como remição de pena. Muito bom e oportuno o esclarecimento feito e que merecia mesmo ser divulgado. Todo trabalho de ressocialização é importante. Ao Iapen, os parabéns  pela medida e fica a correção na coluna.

Repercussão

Gerou muito boa repercussão o artigo do advogado Erick Venâncio, em defesa do diálogo e contra o radicalismo político. Neste momento, o caminho do entendimento é sempre o melhor e deve ser incentivado.

Sintomas

Ampliando a colaboração entre o governo do Estado e a prefeitura, a partir do próximo dia 25, a URAP Maria Barroso, localizada na Sobral, passará a atender pacientes com sintomas leves da covid-19. Mais uma opção de tratamento.