Coluna Bom Dia

Interior

O Acre está atingindo perigosamente a situação que mais se temia, a do descontrole total nos casos de coronavírus, especialmente no interior, onde faltam cuidados médicos e equipamentos de ponta. Situação é muito grave, especialmente no Vale do Acre e no Juruá. Em Brasileia, Epitaciolândia e em Cruzeiro do Sul.

Fronteira

Os prefeitos da fronteira no Vale do Acre, em Epitaciolândia e Brasileia já não sabem mais o que fazer. Seguiram todos os protocolos e a situação apenas piora. Única solução pode ser decretar o ‘lockdown’ para manter todo mundo em casa. A situação é difícil. E a tendência é se agravar nos próximos dias.

Ameaça

Na Capital, o problema é com motoristas de ônibus que querem parar completamente o transporte público hoje, exigindo salários que a empresa não paga e quer repassar para a prefeitura o problema. A empresa está tecnicamente falida e não tem solução possível a curto prazo. Prefeitura está sendo desafiada e não pode admitir ser afrontada dessa forma. É um absurdo que se chegue a esse ponto.

Solução

A solução mais óbvia é recorrer à Justiça, que deve determinar a circulação mínima de ônibus, uma frota de acordo com as necessidades, sob pena de intervenção direta, de confisco. Há elementos jurídicos que justificam essa postura e a Justiça, com certeza, não vai admitir ser manipulada desse modo.

Hora difícil

O que é certo é que se aproximam horas difíceis para a prefeita Socorro Neri, que está sendo claramente vítima de ações políticas que pretendem minar sua autoridade. Elogiada pelas medidas corretas que vem tomando, contraria algumas pessoas que se sentem poderosas, e que buscam algum tipo de vingança contra ela e sua administração.

Ação

O que se nota é que agora a ação da prefeita incomoda quem nada faz. Sem ter o que combater em sua administração, pela honestidade, por seus procedimentos corretos, resta a baixaria que pode afetar a credibilidade da prefeita. Ela se mantém firme, concentrada em fazer o melhor e tem conseguido grandes vitórias.

Lamento

Rio Branco conseguiu um dos maiores índices de isolamento do país, graças à coragem da prefeita e de seu excelente relacionamento com o governo do Estado. No Acre, basta alguma coisa dar certo para que seu autor seja execrado. Por aqui, só parece ter valor a baixaria e a incompetência.

Todos

O Estado vive explosão de casos de Covid-19 e tem gente que ainda não percebe seu papel na difusão da doença. Coisas absurdas são defendidas, como a liberação do comércio, em meio às notícias que dão conta de que está morrendo gente na Capital é no interior. Coisa de quem não liga para a vida humana, mesmo que a desgraça caia a seu lado.

Prisão

Não pode ser descartada sequer a possibilidade de prisão de empresários envolvidos na tentativa de bloqueio dos terminais de ônibus. A lei faculta esses casos como crime contra a economia e contra a saúde popular, especialmente em casos de pandemia. A Justiça sabe a resposta correta a ser dada.

Conjugação

O Estado vive uma conjugação de fatores e armações contra a prefeita Socorro Neri, que une partidos tão díspares como o MDB, o PT e o PP. A nenhum deles interessa o sensível crescimento que a prefeita está tendo em sua popularidade nas redes sociais, por medidas corretas no enfrentamento à Covid-19.

Só presta

No Acre, só presta quem age mal, descumpre promessas. Ao ser reconhecida pelo trabalho executado, a prefeita vira alvo de detratores de quem não tem o que falar de sua gestão pautada pela lógica, democracia e pela absoluta legalidade.

Pesquisas

Claro que as pesquisas que não estão sendo divulgadas, apontam para o crescente fortalecimento da prefeita. Isso explica por que ela tem sido vítima de armações, de planos infalíveis para atingir sua honra. Não conseguirão.

Postura

Entretanto, a prefeitura tem que adotar uma postura ainda mais firme, contra as tentativas de desestabilização. Foi só Rio Branco atingir a qualidade de liderança na política do distanciamento social, que a prefeita virou alvo de vez. Vá entender…

Solução

No meio de toda essa crise, a prefeitura encontrou solução eficiente e correta para a exoneração do secretário Oteniel Almeida, que caiu por motivos particulares, apesar do bom trabalho que realizou durante seu período na gestão municipal. Saiu de forma elegante.

Nome

Ontem, o procurador Edison Rigaud estava cotado para assumir a Secretaria Municipal da Saúde, fazendo uma análise global do setor, como já realizou em outros locais na prefeitura, sempre com a confiança da prefeita. Hoje ele está ligado à secretaria de infraestrutura e pode dar sua colaboração nessa área.

Adiado

A senadora Mailza Gomes decidiu adiar todas as tratativas políticas sobre candidaturas no progressistas, para depois de vencido o problema da pandemia. Está mais que certa a senadora. Não é mesmo o momento desse tipo de problemas, mas o de salvar vidas.

Posição

Já o deputado Neném Almeida deu uma sugestão das mais válidas, das mais verdadeiras, Ele defendeu que é um perigo a necessidade de exposição de pessoas nas filas dos bancos, para receber auxílio emergencial, que é um fator de disseminação da Covid-19. Mais que certo o deputado. É preciso favorecer o isolamento social.

Enem

O adiamento do Enem é uma exigência da sociedade. Ele só pode ser realizado, com a pandemia sob estrito controle. É uma coisa tão óbvia, que nem mereceria ser debatida.

Quina

O Acre acaba de receber um carregamento de pelo menos 8 mil pílulas de cloroquina, a ser distribuído para pessoas contaminadas pela Covid-19. O medicamento ainda enfrenta alguns problemas, alguns médicos recomendando e outros excluindo o tratamento com a droga.

Nas redes

O ex-senador Jorge Viana divulgou em suas redes sociais mais uma parte da conversa com o médico psiquiatra Lucas Benevides sobre a saúde mental durante a pandemia. Uma conversa útil, importante e agradável. O ex-senador está fazendo sua parte.