Conselho Nacional de Secretários de Saúde aponta 1.116 mortes por Covid no país em 24 horas

O CONASS – Conselho Nacional de Secretários de Saúde divulgou nota pública em oposição á posição do governo federal de mudar a forma de divulgação dos dados sobre a COVID, que vem merecendo críticas de vários setores d sociedade.

Divulgou também novos números da COVID no país, afirmando que até o dia 07 estavam registrados, pelos estados, 680.456 casos em todo o Brasil, com 38.135 mortes, somando 1,1166 mortes nas últimas 24 horas No Acre, a entidade registra 92 óbitos, com taxa de letalidade de 2,3%.

A nota diz que a entidade “pauta sua atuação pelo mais alto interesse público, respeito à diversidade e pluralismo democrático”. Afirma que “nosso valor maior é a vida” e se propõe à defesa da saúde e da vida como compromisso inabalável com os brasileiros.

A nota ainda registra que, “tendo a democracia como princípio, o CONASS busca incessantemente o consenso para o fortalecimento do sistema de saúde que todos desejamos. Um SUS capaz de acolher, proteger, promover, recuperar e salvar vidas de todos os brasileiros, com empatia, solidariedade e compaixão é o que queremos”. Finaliza dizendo que “a ciência, a verdade e a informação precisas e oportunas são fios condutores do processo orientador da tomada de decisão na gestão da saúde”.

Desta forma, passou a publicar, a partir do dia de hoje, o PAINEL CONASS – Covid-19, atualizado diariamente até às 18h30. em oposição ao governo federal que só divulga a informação às 22 horas.

A nota é assinada por Alberto Beltrame, presidente do Conass. eis o quadro do Conass