CRM-AC denuncia dois falsos médicos que tentaram obter registro profissional

O Conselho Regional de Me-dicina do Acre (CRM-AC) procurou o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF), para denunciar dois supostos médicos que tentaram obter registro profissional da entidade no Estado com o uso de diplomas falsos do curso de Medicina.

A direção do CRM-AC indeferiu os pedidos de registro dos dois falsos médicos após uma consulta às instituições e foi constatado que os dois profissionais de saúde nunca fizeram parte do corpo discente. Outras inconformidades foram detectadas nos diplomas apresentados como as assinaturas das autoridades, o formato dos carimbos usados, inclusive a sigla das universidades que não seguiram o mesmo padrão dos demais documentos da instituição que consta nos autos dos processsos de regularização dos registros profissionais.

O setor de registros do CRM-AC também descobriu que não consta nenhuma informação sobre disciplinas que tenham sido cursadas pelos dois acusados de exercício ilegal da medicina, que não tiveram os seus nomes revelados.