Deputado Leo Brito abre mão de passagens para esposa e filha

Deputado federal acreano Leo Brito (PT) anunciou que abrirá mão do direito de requisitar passagens para sua esposa pagas pelo parlamento, medida anunciada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB). O deputado acreano, que é casado e tem uma filha, considerou o benefício “um retrocesso”.

Embora criticado por alguns deputados, a posição firme do deputado acreano é compartilhada mesmo na oposição e entre os que ajudaram a eleger Cunha. O deputado Antônio Imbassahy (PSDB-BA) avaliou que a medida é “uma excrescência”.