Desembargador Samoel Evangelista nega habeas corpus para envolvidos em morte de Jonhliane

Desembargador Samoel Evangelista

O desembargador Samoel Evangelista negou hoje, 17, habeas corpus que pretendia a liberdade do estudante Alan Araújo de Lima, preso na última sexta-feira, 14, pela acusação de participar do racha que resultou na morte da jovem Jonhliane Paiva.

O HC foi impetrado na semana passada pelo advogado Giliard Souza. O recurso alegava que não havia fundamentos para a prisão preventiva e que ela não atendia aos requisitos legais.

Ao indeferir o pedido, Samoel considerou que Alan e Ícaro Pinto, motorista da BMW que matou a trabalhadora, promoviam disputa ilegal na Avenida Antônio da Rocha Viana.