Detran vai voltar com blitz e fiscalização mais rigorosa

O Detran, dentro da nova sistemática da atuação integrada à área de segurança pública vai retomar o controle e fiscalização dos veículos e do trânsito no Estado. Estão programadas a volta das blitz periódicas e ações para minimizar acidentes e infrações no trânsito.

Desde o início da epidemia de COVID, o governo do estado havia determinado uma pausa na fiscalização do pagamento de IPVA e multas, para não onerar ainda mais as famílias em um momento de dificuldade.

O resultado foi que hoje metade da frota que circula especialmente em Rio Branco deixou de pagar o imposto e a taxa de licenciamento, causando imenso prejuízo ao órgão. Recuperar essas receitas será fundamental e a direção pensa em fazer mensagens educativas antes de desencadear a ação das blitz.

Outro problema grave foi levantado pelas concessionárias de veículos da capital. É cada vez mais comum que pessoas de posse, principalmente, comprem carros de luxo com as benesses de isenção de zona franca, em Manaus, como se fossem para o interior, para municípios como Brasileia, Cruzeiro do Sul e Epitaciolândia, que gozam desse benefício. Entretanto, esses carros permanecem circulando na capital, o que é vedado, pois essa operação exigiria um processo de importação. Isso causa prejuízos para o Detran e para as concessionárias devidamente legalizadas.

Austeridade

A atual gestão do Detran está também promovendo um processo de austeridade e controle interno para equacionar custos e receitas. Foi identificado que, em gestões de governos passados houve grande descontrole administrativo e financeiro. Como exemplo, o Detran pagava uma conta de água de até R$ 33 mil mensais, um consumo fora da realidade. Com as medidas adotadas, essa conta recuou para R$ 3 mil.

O Detran tinha contratos de locação de 80 veículos para suas atividades. Hoje, para exercer a mesma fiscalização, são necessários apenas cinco.

Outra questão que deve ser apurada é a compra de um terreno no Amadeu Barbosa por preço alto e sem nenhum estudo prévio.