Educação realiza distribuição de kits horta para escolas de Rio Branco

A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Divisão de Merenda Escolar, está realizando a distribuição de kits horta para escolas de Rio Branco. A distribuição se iniciou hoje, quinta-feira, 24 e termina nesta sexta.

Na primeira etapa, as primeiras dez instituições que solicitaram a adesão ao projeto estão sendo contempladas. São as escolas Almada Brito, Heloisa Mourão Marques, José Ribamar Batista (Ejorb), Armando Nogueira, Alcimar Leitão, Castelo Branco, Sebastião Pedrosa, Belo Jardim, Wilson Barbosa e Ester Maia, estas duas últimas localizadas na Cidade do Povo.

Cada kit horta distribuído contém um carrinho de mão, uma pá, uma enxada, um kit jardinagem e 27 pacotes de sementes. “Iniciamos esse projeto no início do ano e é bom frisar que, para participar, cada escola deve fazer a solicitação de adesão ao projeto”, explicou o chefe da Divisão de Merenda, Mauro Sérgio Moura.

Na Heloisa Mourão Marques, o coordenador administrativo Romário Neves agradeceu à equipe da SEE pelo kit e destacou que o projeto é de fundamental importância. “Quando as aulas retornarem de forma presencial, teremos sempre uma alimentação saudável, com mais verduras, sem falar que vamos estimular nossos alunos”.

O kit horta é um gesto de grande valor educacional. Para Jardilina Barbosa, que trabalha no Ejorb, será fundamental para melhorar a qualidade da merenda, com uma alimentação mais organizada, sem agrotóxico. “Sem falar que também vamos estimular a aprendizagem dos alunos”, disse.

Já a diretora da Escola Almada Brito, de ensino fundamental I e localizada no bairro Calafate, sente-se privilegiada de estar entre as primeiras a receber os kits. “Temos muitas crianças em situação de vulnerabilidade social e a horta vai trazer mais qualidade aqui para a escola”, frisou.

A partir de 2021, de acordo com o chefe da Divisão de Merenda Escolar, a meta é levar o projeto também para o interior. “Já recebemos o convite de muitos lugares, como municípios do Purus, de Tarauacá, de Cruzeiro do Sul, então vamos ampliar esse projeto para as demais localidades”, explicou.