Em Plácido de Castro, governo entrega kits pedagógicos e mobiliário escolar

Secretário de Educação, Mauro Sérgio da Cruz, ouviu gestores e coordenadores de escola e traçou metas com eles para o ano letivo de 2021. Foto: Mardilson Gomes/SEE

Gestores das escolas da rede estadual do município manifestam gratidão pela atenção do governo aos profissionais da Educação

Pelo menos 1.629 kits pedagógicos, que incluem cadernos, réguas, canetas, lápis, borrachas e outros itens, além de computadores e mobiliário novos, foram entregues pelo governo do Estado do Acre no município de Plácido de Castro (a 95 quilômetros de Rio Branco), numa caravana da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE) liderada pelo secretário Mauro Sérgio da Cruz, nesta quarta-feira, 28.

A visita ao município fez parte das comemorações do Dia do Servidor Público, celebrado na quarta-feira, cujo feriado foi transferido para sexta-feira, 30, por meio de decreto governamental. Na ocasião, Sérgio da Cruz reuniu os gestores e coordenadores, pedagógicos e de ensino das escolas do município, para uma conversa de alinhamento.

O planejamento para o ano letivo, a construção de novas escolas e a revitalização das já existentes dentro de um cenário escolar para 2021 foram alguns dos principais temas abordados no encontro com os profissionais da Educação. Na ocasião, os gestores foram categóricos em afirmar que, ao longo deste um ano e dez meses do governo Gladson Cameli, não encontraram dificuldade para apresentar suas reivindicações na Secretaria de Educação, quando foram lá em busca de benefícios para melhorar a vida da comunidade escolar.

“Como professora e gestora da Escola Franklin Roosevelt, quero fazer esse reconhecimento público, de que me surpreendeu muito a forma como estamos sendo bem recebidos pelos técnicos da Educação em Rio Branco. Fui lá e fui bem atendida. Antes, não existia esse hábito. Pedi [apoio] no seu nome, secretário, e fui muito bem recebida”, asseverou, em tom de agradecimento, Nilda Conrado, que está à frente da escola de ensino fundamental 1 e 2 Franklin Roosevelt, no centro de Plácido de Castro.

Entre os benefícios recebidos pela escola de Nilda estão o mobiliário novo, a revitalização do sistema elétrico e a instalação de uma subestação para evitar quedas de energia.

Da sua parte, o secretário de Educação endossou mais uma vez que os gestores escolares têm prioridade, tanto quanto o governador, no seu gabinete. E que a gestão Gladson Cameli não deixará nenhuma escola sem reforma até o fim de seu mandato, em 2022.

“Temos hoje 625 escolas em todo o Acre. E o sonho de todo diretor de escola é ver a sua bonita. Mas os pedidos são muitos, fazendo com que, às vezes, as coisas não aconteçam tão rapidamente como desejamos. Mas todas serão atendidas”, garantiu Mauro Sérgio Cruz.

Entre as metas estão o acesso à internet para todas as escolas, inclusive as rurais e as indígenas, via satélites exclusivos, colocando todas as instituições de ensino interligadas numa grande rede de conhecimento; a criação de uma faculdade estadual para a formação de novos professores; a formação de ao menos 3,5 mil professores que ainda não têm graduação em nível superior; e a construção de escolas integrais vocacionais, uma delas em Plácido de Castro, para o ensino médio, e que visa preparar o estudante de acordo com a sua aptidão no mercado de trabalho.

Além do secretário, participaram da caravana da Educação em Plácido de Castro, Josemir Amorim, chefe do Departamento de Gestão Operacional da SEE, e Davyd Wildson Rocha, chefe de Almoxarifado da pasta.

Enquanto que os kits pedagógicos serão distribuídos para estudantes de nove escolas do município, cinco computadores novos servirão ao pessoal do Núcleo da SEE na cidade. Outras 90 carteiras universitárias, oito quadro brancos, dois armários, duas mesas redondas, 16 mesas para refeitórios com bancos, duas mesas grandes para reunião, 18 mesas para professores com cadeiras e quatro condicionadores de ar serão destinados às escolas da região.