Ensino hoje e pós-pandemia

*Sérgio Roberto da Silva

Se não bastassem as lutas
Diariamente travadas
Em salas pequenas e quentes
E sempre superlotadas
Agora para piorar
A sala de aula deu lugar
A lives em nossas casas

Não é normal para alguém
Que não tem conhecimento
De recursos tecnológicos
Que surgem a todo momento
Que facilita para alguns
Mas para outros é tormento
Já que para adaptar-se
É preciso habituar-se
Com diferentes eventos
Que para aprender é complexo
E necessário ter tempo

E mais ainda quando temos
Uma internet precária
Onde o sinal, em alguns casos
De tão ruim é hilária
Pois para achar o sinal
Alguns sobem até em paus
Ou fixam o celular em varas

Como professor eu torço
Para que tudo venha passar
E com segurança em breve
Passamos à escola retornar
Já que é difícil assim
E com internet ruim
Muitos alunos podem reprovar

Sabemos que o distanciamento
É uma questão de saúde
Que ao voltarmos permaneça
Este exemplo de atitude
Aliás só o ensino a distância
Fazemos questão que mude

Que na escola voltando
Possamos recuperar
Aluno que se afastou
E que não pôde acompanhar
As aulas via wattsapp
Que serviu como um escape
Para algum não estudar

Voltaremos fortalecidos
Portanto, jamais desista!
Por mais que seja improvável
Tenho o meu ponto de vista
Que se obedecermos as regras
E às aglomerações darmos trégua
Concordo com os otimistas

É justo que os enfermeiros
Sejam bem reconhecidos
Quem está na linha de frente
Ganhe os aplausos merecidos
No entanto, não nos esqueçam
Que também nos reconheçam
Que não passemos despercebidos
Pois com muita segurança
Protegeremos as crianças
De pulsos fortes e destemidos

Mas se acaso fizerem
Como de praxe sempre fazem
Deixando-nos desamparados
Ou tirando nossas “vantagens”
Que um dia conquistamos
Nos fazendo sabotagem
Continuaremos lá, lutando
Aos nossos alunos ensinando
Com muito empenho e coragem
E assim vamos vencer
Pois juntos somos temíveis
E por mais fortes que sejam
Os inimigos invisíveis
Combateremos unidos
Pois a união não só faz a força
Como nos torna invencíveis

E as nossas armas serão:
  Conhecimento,
   Gratidão,
    Paciência,
     Amor,
      Resiliência,
       Fé, união,
        Força,
         E coração

*Sérgio Roberto da Silva é professor da rede pública