Estado e prefeitura criam comissão para reverter sistema de água e esgoto de Rio Branco

Wesley Moraes

Mais um importante avanço para a devolução do sistema de água e esgoto ao município de Rio Branco foi concretizado nesta sexta-feira, 19. O governador Gladson Cameli e o prefeito Tião Bocalom assinaram o decreto que instituiu a Comissão Interinstitucional que vai conduzir todo o processo de reversão do serviço público de saneamento básico. O ato foi acompanhado pelo procurador-geral do Estado, João Paulo Setti, e o secretário municipal da Casa Civil, Artur Neto.

Caberá ao comitê instaurar, conduzir e concluir todos os trâmites legais necessários para reverter o sistema de água e esgoto da capital acreana. Prevista para durar seis meses, a reunião inaugural será marcada pela elaboração do plano de trabalho e cronograma de atividades da comissão.

Governador Gladson Cameli e prefeito Tião Bocalom assinaram nesta sexta-feira, 19, decreto de criação da comissão de reversão do sistema de água e esgoto ao município de Rio Branco Foto: Marcos Vicentti/Secom

Representantes do Departamento de Água e Saneamento (Depasa), Secretaria de Estado da Casa Civil, Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Agência Reguladora dos Serviços Públicos do Estado do Acre (Ageac), Procuradoria-Geral do Estado (PGE-AC), Secretaria Municipal de Planejamento (Sepan), Procuradoria-Geral do Município de Rio Branco; Secretaria Municipal da Casa Civil e Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb) fazem parte da comissão.

O governador Gladson Cameli lembrou que, constitucionalmente, este serviço é competência do município e parabenizou o prefeito Bocalom por tomar a iniciativa pela reversão. O gestor assegurou ainda o apoio institucional do Estado à prefeitura para melhorar o fornecimento de água tratada e coleta de esgoto.

“Esse foi um compromisso firmado pelo prefeito Tião Bocalom e que ele está cumprindo com a sua palavra. Desejo boa sorte a gestão municipal e contem com o apoio do governo para que a população de Rio Branco possa ter um serviço de qualidade na área de saneamento”, enfatizou.

Gladson Cameli assegurou apoio do governo à prefeitura para melhorar abastecimento de água e coleta de esgoto na capital acreana Foto: Marcos Vicentti/Secom

O prefeito Bocalom aproveitou para agradecer a celeridade por parte do governo do Estado no processo de retorno. O gestor espera que até o término de 2021, a população possa sentir a melhora, principalmente no fornecimento de água tratada.

“Precisamos ter água na torneira das pessoas todos os dias. Estou muito agradecido por entender a necessidade da reversão do Depasa para o Saerb. Estamos buscando recursos junto à nossa bancada federal e o senador Marcio Bittar, como relator do orçamento da União, deverá colocar mais recursos para que possamos fazer um belo trabalho e colocar água em todas as casas até o fim do ano”, argumentou.