Flávio Silva: uma trajetória exemplar até a Casa Civil do governo de Gladson Cameli

Flávio Silva é natural de Cruzeiro do Sul e tem missão de tocar reforma administrativa

Amigo de juventude do governador Gladson Cameli e reconhecido como um quadro importante e preparado, o especialista em gestão pública Flávio Silva assume a Casa Civil do governo do estado. Ele é de Cruzeiro do Sul, criado no bairro do Colégio e com uma história de vida de superação, esforço, estudo e trabalho. Perdeu os pais ainda jovem, estudou em escola pública e se formou em tecnologia da gestão pública.

Flávio admitiu o desafio de substituir no cargo Ribamar Trindade. Destacou a competênciado antecessor na Pasta, inclusive a lealdade que mantinha em servir o governo do Estado . “É uma grande responsabilidade, pois os destinos do governo passam pelas articulações na Casa Civil, mas tenho muito trabalho de agora para frente”, ponderou.

Ele está junto a Gladson como assessor desde os primeiros passos do governador na política, tendo participado de todas as suas campanhas. Assim que o governador Gladson Cameli assumiu o governo, chamou Flávio, então assessor do seu gabinete no Senado para ajudá-lo na administração pública.

A amizade dos dois vem desde a infância e o desempenho discreto mas efetivo e leal nos bastidores da política nos últimos dois anos, o credenciou para a nova missão de substituir o advogado Ribamar Trindade, que espera pela posse como conselheiro no Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE-AC).

Flávio Silva que tem 47 anos, começou a sua vida pública como assessor do falecido deputado federal João Tota (PP). Em 2006, participou ativamente da primeira campanha vitoriosa do amigo e conterrâneo, Gladson Cameli, que conquistou naquela ocasião, uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Mais novo de seis irmãos, é filho de Elisiario dos Santos, que faleceu vítima de um infarto e da dona Maria Pereira da Silva, vítima de um câncer. Ele chega à Casa Civil com a missão de ajudar a transformar o órgão, conforme previsto na reforma administrativa aprovada no final do ano.