Governador visita unidade sustentável no Alto Acre


publicidade

Com açaí, pupunha, cupuaçu, patoá, madeiras de lei, criação de abelhas e de peixes e roçado sustentável, o agricultor familiar Dimas Ferreira confirma a produtividade das ações agroflorestais. Sua propriedade, na colocação Canto dos Caboclos II, dentro da Reserva Extrativista (Resex) Chico Mendes, em Brasileia, acolhe a ele e sua família há 24 anos.

Alto_Acre_governador-6-580x387

Na quinta-feira, 2, Ferreira e toda a comunidade receberam a visita do governador Tião Viana, acompanhado de equipe de governo, dos deputados federal Leo de Brito e estadual Leila Galvão e da prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem.

Em um café da manhã com os melhores produtos da comunidade, o grupo de agricultores e extrativistas conversou com as autoridades. Os avanços já alcançados e os que ainda estão por vir, por meio do trabalho dos governos e dos parlamentares, foram pauta da reunião.

Dimas pode agradecer ao próprio governador Tião Viana pelos investimentos que o ajudaram a transformar sua terra totalmente produtiva. “O governo construiu 19 tanques para nossa comunidade e entregou mudas de frutíferas. Também participamos do programa de meliponicultura e hoje já temos várias caixas de mel espalhadas”, afirma o anfitrião, apontando para seu Sistema Agroflorestal (SAF), um consórcio de culturas agrícolas com diversas espécies de árvores.

“Você, Dimas, é um operário do planeta. Está renovando a natureza aqui em sua terra”, afirmou Tião Viana, ao observar que o local é cuidado com zelo, carinho e responsabilidade ambiental. “Queremos melhorar a condição de vida de cada morador da Resex Chico Mendes, por isso já investimos R$ 32 milhões em ações dentro da reserva.”

Explicando algumas das faces do desenvolvimento, o governador falou sobre a grande oportunidade que aqueles moradores da reserva estão tendo e a contribuição de cada um para o meio ambiente.

“Se uma família consegue ver seus filhos na escola e tiver produção para pagar suas contas no fim do mês, temos desenvolvimento na Resex. Por isso estaremos sempre juntos, com união, organização e muito trabalho”, declarou Tião Viana.

Apoio parlamentar

Os parlamentares presentes também declararam apoio ao projeto de desenvolvimento sustentável que ocorre no Acre, e tem naquela comunidade de exemplo de progresso.

O deputado federal Leo de Brito falou sobre os embates que tem feito em Brasília, no Congresso Nacional: “Atualmente estamos lutando contra o mal que a reforma da Previdência, proposta pelo presidente Michel Temer, vai causar aos agricultores”.

Com a proposta, os trabalhadores rurais, tanto mulheres como os homens, só poderão se aposentar com idade mínima de 65 anos. Mesmo com 60 e 55 anos, esses camponeses só conseguirão aposentadoria se contribuírem mensalmente com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) por 25 anos.

Mas caso queiram receber a aposentadoria no valor integral, terão que contribuir por 49 anos. Além disso, o deputado também lembrou o empenho para a liberação R$ 150 milhões destinados pela bancada federal para manutenção e pavimentação de ramais nos 22 municípios do Acre.

A deputada Leila Galvão, que tem forte ação na região do Alto Acre, também mostrou seu apoio ao governo do Estado e à prefeitura para ampliar as ações.

“Aqui temos um exemplo da visão de sustentabilidade, tanto do governo investindo quanto dos moradores aplicando corretamente esses recursos. O governo apoia as famílias a gerarem renda”, afirmou a deputada.