Governo concederá licenciamento ambiental para avicultores do Alto Acre

O governo do Estado, por meio do Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), realizou reunião na manhã desta terça-feira, 29, em Brasileia, para tratar sobre licenciamento ambiental para o setor rural. Sessenta avicultores de corte esperam há mais de 13 anos pelo documento que ampliará as unidades de fornecimento.

O evento foi no Centro Educacional de Brasileia e contou com a presença dos avicultores, representantes da Coopeagro, da prefeitura municipal, do presidente da indústria de frangos Acreaves, Paulo Santoro, e de Roberto Silva da Cooperativa Agroaves.

O diretor-presidente do Imac, André Hassem, destacou que a estratégia de desburocratização do setor produtivo é uma determinação do governador Gladson Cameli, que conta com o apoio das cooperativas e de toda cadeia de avicultores instalada no Alto Acre.

“Esse foi um processo autorizado pelo governador, que pediu mais agilidade nas discussões envolvendo o produtor, as cooperativas, as indústrias, e que conta com o apoio de várias secretarias de Estado”, acrescentou Hassem.

Segundo o diretor da Acreaves, Paulo Santoro, com a ampliação das unidades será possível dobrar a produção atual de 15 mil frangos/dia, aumentando a oferta de emprego na indústria e nas propriedades rurais.

“A ação do governador Gladson Cameli no agronegócio dá uma velocidade maior nos resultados. A licença ambiental abre um leque de oportunidades para o avicultor, ajuda a fixar a família na região do empreendimento, incrementando a sua produção”, disse Santoro.

Ainda de acordo com Santoro, os órgãos ambientais acertam quando incentivam a produção com sustentabilidade. A expectativa com o licenciamento é de dobrar a geração de emprego e renda dos atuais 400 para 800 empregos diretos.

“A indústria já trabalhava com um projeto de ampliação de 30% da produção. Agora, com o aumento da capacidade das unidades de avicultura, alcançaremos o grande sonho, que era de dobrar nossa produção, concluiu o diretor.

Para o secretário de estado de meio ambiente, Israel Milani, a ação é mais um grande avanço na gestão Gladson Cameli. “Estamos trabalhando para melhorar a vida da nossa população, levando desenvolvimento econômico, social e ambiental às famílias contempladas. Isso é fruto de uma política ambiental séria e comprometida com o desenvolvimento do nosso estado”, disse Milani.