Governo do Estado e Prefeitura se unem na Operação Força Máxima de obras na capital


publicidade

O governo do Estado e a prefeitura de Rio Branco lançam nessa quinta-feira uma grande operação denominada Força Máxima, que pretende aumentar a oferta de trabalho em obras de infraestrutura e de geração de renda na área urbana e rural da capital. Com recursos municipais, estaduais e de emendas parlamentares e repasses e financiamentos do governo federal, a ideia é promover obras e serviços urbanos, de forma adequada e controlada, que ofereçam saídas econômicas para a população e representem um forte investimento em infraestrutura, já visando o fim da pandemia e a retomada do crescimento na volta à normalidade.

Os detalhes do projeto foram acertados em reunião entre o governador Gladson Cameli, sua equipe e a prefeita Socorro Neri, com os vários setores da prefeitura e vai se concentrar em ações voltadas para a reabertura, conservação e melhoria nos ramais onde se concentra a produção rural familiar do município, em especial no acesso às escolas rurais. Entre os locais beneficiados a conservação e recuperação do pavimento asfáltico nas rodovias estaduais AC-10 (Porto Acre), AC-40 (Senador Guiomard/Plácido de Castro) e AC-90 (Transacreana). As obras serão executadas pelo Deracre e a Empresa Municipal de Urbanização de Rio Branco (Emurb), com investimentos na ordem de R$3,9 milhões.

As operações iniciam ainda esta semana, logo após a assinatura da ordem de serviço, com previsão de 12 meses no tempo de execução, em áreas de abrangência definidas conforme plano de trabalho discutido, definido e aprovado para execução durante este ano.

Também serão enfatizadas ações de retomada da modernização da iluminação pública, com a substituição das lâmpadas por led, melhorias e instalação de praças e espaços e equipamentos esportivos e culturais nos bairros, limpeza urbana, obras de infraestrutura nas ruas e avenidas. Estão previstas, também, a ampliação das dependências da Policlínica da Polícia Militar, construção da primeira etapa do Centro Comunitário na Cidade do Povo, construção de quadra no Núcleo Estadual de Tecnologia Assistiva (Neta), reforma do Teatro Plácido de Castro, urbanização na região do bairro Conquista. Outra importante obra que consta neste primeiro pacote é a construção de hospital de campanha na capital destinado ao atendimento de pacientes acometidos com a Covid-19.

Será uma resposta para a necessidade de investimentos no momento em que a oferta de empregos encontra-se deprimida em razão da pandemia. Todas as ações serão realizadas em ambiente seguro, com a manutenção de todas as regras de segurança, com o devido acesso á higiene, ao equipamento e às recomendações de distanciamento preconizadas.
Trata-se de uma parceria que une esforços do governo do estado e da prefeitura da capital, em áreas prioritárias. Para a prefeitura, a ação nos ramais atende à reivindicação de grande parte dos produtores rurais e se enquadra na prioridade dada ao apoio a agricultura familiar e ao fortalecimento do cinturão verde da capital.

Palavra dos governantes

“Nossas expectativas são as melhores em fomentar a economia, garantir novos postos de trabalho e um resultado imediato em melhoria das condições de vida dos cidadãos, com a recuperação dos trechos mais críticos em caráter de urgência, pois as áreas mais comprometidas já estão definidas como prioridade no nosso plano de trabalho.”
Gladson Cameli.

De acordo com a prefeita Socorro Neri, desde o início da pandemia governo e prefeitura caminham juntos. “Assim, também, estamos fazendo na redução dos impactos econômicos causados pela pandemia. Um pacote de obras importantes como esse que estamos lançando beneficia diretamente a economia na capital, gerando postos de trabalho e movimentando outros setores importantes. União e parceria são fundamentais, em momentos como esse. Nossa prioridade é salvar vidas e mitigar os prejuízos causados pela pandemia.”
Socorro Neri.

O entendimento entre Gladson Cameli e Socorro Neri mostra ainda a integração dos serviços do governo do Estado e da prefeitura, como resposta aos anseios sociais, somando-se à bem sucedida parceria que está sendo conduzida no enfrentamento à COVID 19.

Na quinta-feira, a prefeitura e a secretaria de Infraestrutura do estado devem detalhar as obras que terão início imediato e o cronograma das ações.

Interior

Pacote de obras também para o interior em investimento de R$ 200 milhões
Além das obras na capital, o governo do estado também vai lançar um pacote de obras para o interior. Nele constam editais de licitações para um pacote de obras públicas a serem executadas após o período da crise do Covid-19. Nesse primeiro pacote serão investidos mais de R$ 200 milhões em obras de infraestrutura urbana, viária e de saúde ao longo dos próximos meses.

O governador anunciará ainda o lançamento de editais para execução de várias obras nos municípios do interior, como a construção do Hospital de Campanha e a reforma do Memorial José Augusto e Teatro José Alencar, em Cruzeiro do Sul. Já em Tarauacá, serão desenvolvidas ações para a implantação e melhoria de sistemas públicos de esgotamento sanitário.

O conjunto de obras inclui, também, a implantação do contorno rodoviário e construção de ponte em Brasileia. Em Acrelândia será feita a reforma e ampliação do Hospital Geral. Em Sena Madureira será construída uma quadra esportiva no Quartel da Polícia Militar.

Em Xapuri, Manoel Urbano e Rodrigues Alves serão contratadas empresas para serviços especializados em manutenção de ramais e construção de bueiros e pontes visando apoiar a produção florestal e agroflorestal comunitária. Obras de melhoria de ramais também serão executadas em vários municípios do estado.