Governo quer fornecer sapatos para estudantes e empresa se qualifica para atender ao desafio

Atualmente a empresa trabalha com apenas 20% de sua capacidade no Estado

O governo do Estado está pensando e fazendo os cálculos para incorporar mais um item, ao kit-uniforme dos alunos da rede pública. Trata-se da inclusão de um par de sapato ou tênis para os estudantes. Tratativas e orçamento estão sendo feitas com a empresa BootNort Calçados Profissionais, única fábrica do setor na região, instalada no Distrito Industrial de Rio Branco.

A compra de calçados para os 150 mil alunos do estado, além de representar uma grande ajuda para as famílias e completar os itens básicos do fardamento escolar, poderia também viabilizar de a fábrica pioneira no Acre, que afirma ter condições de competitividade com qualquer outra empresa.

Hoje voltada para calçados profissionais, a BOOTNORT tem capacidade de produzir mil botinas (por dia), mas a empresa acreana tem hoje produção de 200 botas, que correspondem a apenas 20% da sua capacidade instalada. Os calçados produzidos no Distrito Industrial são comercializados nos seguintes estabelecimentos comerciais: Paranorte, Lojão dos Parafusos Correntão, Remulo Jarude, a rede de supermercados Araújo e a casa de material de construção Barriga Verde.

O empreendimento localizado na rua Moabitas, no bairro Rosa Linda (no Segundo Distrito), A BootNort é um empreendimento do Grupo BootMinas. É primeira fábrica de calçados profissionais instalada em Rio Branco e no estado do Acre. Visa atender melhor a região norte, centro oeste e nordeste do país. Com maquinário moderno e colaboradores especializados, busca produzir com excelência calçados de segurança, para proteger e dar conforto aos seus usuários. A primeira fábrica de calçados do Acre foi instalada no Parque Industrial de Rio Branco e inaugurada no dia 01 de setembro de 2016 com capacidade de produção diária de até 1.700 pares de sapatos, além de uma geração direta de até 90 empregos em mais de 80 postos de trabalho. Hoje, a empresa mantém 21 empregados.

Está planejando o lançamento de nova linha de calçados, entre eles, o que poderia servir de tênis, feito de couro, de alta qualidade e baixo preço para os estudantes acreanos.

“Estamos bastante otimistas com a possibilidade de Governador Gladson Cameli espera auditoria para abrir vagas Atualmente a empresa trabalha com apenas 20% de sua capacidade no Estado Sugestão de modelo que pode ser adotado como calçado para estudantes 150 mil alunos podem ser beneficiados fornecer calçados para os estudantes da rede pública”, declarou o empresário e diretor da empresa, Esmerino Ribeiro do Valle Neto.

“Estamos nos habilitando para disputar esta licitação de sapatos de couro, com o melhor preço do mercado”, aposta.

Para o secretário mauro Sérgio Cruz, a viabilização da intenção do governador será um grande ganho mpara os estudantes acreanos. A secretaria atuará na definição do modelo ideal para os estudantes acreanos, que uma praticidade e resistência, além da beleza.