Guilherme Faria pretende voltar aos treinamentos após a liberação do decreto do governo

Paulo H. Nascimento

Recuperado de uma Flebite (lesão na veia do braço direito), o nadador Guilherme Faria, um dos melhores atletas do estado na atualidade, pretende voltar aos treinamentos no mês de julho e tem como principal meta para a temporada 2020 a disputa da Copa Amazônica de Natação, programada para setembro na piscina da AABB.

“Passe cinco meses parado por causa de uma flebite e quando estava voltando aos treinamentos veio a pandemia. Espero voltar a treinar forte o mais rápido possível para poder chegar na melhor forma na Copa Amazônica, se for realizada”, comentou.

Guilherme passou cinco meses com uma contusão no braço direito

ESPERANDO AUTORIZAÇÃO

O presidente da Federação Acreana de Esportes Aquáticos (FAEA), professor Ricardo Sampaio, afirmou esperar a liberação das autoridades para ter a possibilidade de volta das atividades.

“Temos um decreto no Estado até o dia 15 e vamos aguardar a posição das autoridades. A Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos prepara um protocolo para o retorno das atividades em agosto ou setembro. O futuro é bem incerto e não temos previsão de competições para 2020, por enquanto”, explicou Ricardo Sampaio.