Há vagas de emprego para pessoas com deficiência

carteira-de-trabalho

Empresas de Rio Branco continuam procurando o Sistema Nacional de Emprego (Sine) com a disponibilidade de vagas destinadas às pessoas com deficiência. São registradas, diariamente, pelo menos três vagas para esse tipo de contratação.

De acordo com a coordenadora do Sine, Micaelly Furtado, o empenho da instituição junto às empresas cumpre a lei 8.213, criada em 1991 e regulamentada por decreto, em 1999. Com ela, as empresas que possuem mais de 100 funcionários precisam ter de 2% a 5% de reserva para promover a inclusão social.

Um exemplo desse esforço foi a realização do Dia de Inclusão da Pessoa com Deficiência e Reabilitados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), o Dia D, realizado em setembro, no Horto Florestal da capital, onde foram ofertadas quase 100 vagas ao público.

“Esse ainda é um desafio a ser vencido, porque muitas vezes as empresas disponibilizam as vagas, mas não conseguem preenchê-las”, comenta Micaelly.

Estimativas apontam que a dificuldade no preenchimento ainda está relacionada ao fato de que, ao ingressar no mercado, a pessoa com deficiência perde o benefício assegurado pelo INSS. Contudo, se em algum momento o vínculo do contratado for desfeito, ele terá direito novamente ao benefício.