Internet de Banda larga no rumo do Acre até 2018

bandalarga

O dia de ontem não poderia ter sido melhor no Senado da República para a população acriana. Ali, na Comissão de Ciência, Tecnologia e Inovação, o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, trouxe a excelente notícia de que até 2018, o programa Banda Larga vai garantir a 95% da população brasileira o acesso à internet de qualidade.

Segundo o ministro, a internet banda larga será oferecida a quase todo povo brasileiro a preço acessível e velocidade média de 25 megabits por segundo (Mbps), chegando a 300 milhões de conexões fixas e móveis à internet. Atualmente, a banda larga brasileira tem velocidade média de 5 Mbps.

O ministro das Comunicações disse que o programa Banda Larga vai vencer as dificuldades regionais para garantir a universalização da internet, especialmente nos estados das regiões Norte e Nordeste, onde a maior parte dos acessos é feita via satélite, um mecanismo mais instável que a fibra ótica.

Mas o plano do governo Dilma é instalar fibra ótica subaquática nos leitos dos rios amazônicos, garantindo a capilaridade. Ao custo de seis a oito bilhões de reais, a internet é fundamental, segundo o ministro, para assegurar o ensino à distância, a segurança das regiões e a sua integração econômica.