‘Katanga’ escapa de cerco sendo alvejado por dois tiros em Brasiléia


publicidade

Um velho conhecido da justiça da fronteira desde quando era menor de idade, escapou de um cerco e vários tiros efetuados contra sua pessoa, no Bairro Ferreira Silva, localizado na parte alta da cidade de Brasiléia.

Ebeson Silva de Almeida (23), vulgo ‘Katanga’, estava na rua José Maria de Souza Santos, próximo a sua casa, quando dois indivíduos passaram por ele numa moto. Mais a frente, fizeram o retorno e quando pararam próximo a vítima, sacaram de um revolver e efetuaram cerca de seis disparos.

Por um milagre, Ebeson foi alvejado no osso do antebraço (ulna), na tentativa de se defender dos projéteis e na coxa da perna direito, transpassando o musculo. Em seguida, os suspeitos saíram em disparada tomando rumo ignorado.

Socorristas do 5º Batalhão dos Bombeiros foram acionados e conduziram Katana ao hospital, onde passou por exames e seria transferido para a capital, onde passaria por cirurgia no braço e não corre risco de morte.

As polícias Militar e Civil entraram em ação, na tentativa de descobrir o paradeiro dos suspeitos. Se acredita inicialmente, que a tentativa de homicídio seja um acerto de contas entre traficantes e disputa por espaço de facção.

Katanga foi detido em fevereiro passado junto com sua irmã, em flagrante delito por tráfico de drogas e estava em liberdade condicional, após passar quatro anos preso pelo mesmo crime.

Até o fechamento desta matéria, as 17h09, ninguém havia sido identificado e preso. Mais informações a qualquer momento. Com informações O Alto Acre.