Mais uma mulher é presa pela PRF no Acre com drogas fixadas à cintura


publicidade

Em julho, esse é o segundo caso com as mesmas características, na BR-364, quando duas passageiras de ônibus foram flagradas com drogas escondidas em um tipo de cinta

Na noite da última sexta-feira (10), durante fiscalização na Unidade Operacional (UOP01), no Km 115 da BR-364, no bairro Santa Cecília, em Rio Branco (AC), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) determinou parada ao motorista de um ônibus que realizava o itinerário até Porto Velho (RO).

Uma das passageiras chamou a atenção dos policiais devido às divergências informadas sobre as razões da viagem; além disso, ela apresentou visíveis sinais de nervosismo. Diante da fundada suspeita, os PRFs realizaram a busca na bagagem dela mas nenhum tipo de ilegalidade foi localizado. Entretanto, um estranho volume foi visualizado na cintura da passageira. Questionada, a mulher confessou que se tratava de entorpecente acomodado em forma de cinta e fixado ao corpo por esparadrapos. Os policiais determinaram-lhe a retirada da mercadoria, realizaram o teste inicial e confirmaram a cocaína.

Diante do flagrante, a passageira relatou que fora contratada para transportar o entorpecente até a capital de Rondônia e que, como pagamento do serviço, receberia R$ 1.500,00. A mulher (25 anos de idade) recebeu voz de prisão e foi conduzida juntamente com a droga (3,3 Kg) e demais pertences para a Delegacia de Flagrantes, em Rio Branco.

No início desse mês, outro flagrante de tráfico de drogas aconteceu na BR-364, com várias semelhanças com o recente. Naquela ocasião, outra mulher, de mesma idade, havia sido presa pela PRF quando tentava sair de ônibus do estado do Acre com cocaína em pacotes acomodados e simulando uma cinta-modeladora, na cintura da jovem. A droga (5,2 Kg) teria como destino a capital de Goiás e, pelo transporte, a viajante também receberia uma quantia em dinheiro. (NUCOM)