Marchinhas, Marujada, Carimbó e o Grupo do Senadinho darão o tom do Carnaval da Prefeitura de Rio Branco

Um carnaval que congregue as famílias em torno de manifestações tradicionais e populares, como as antigas marchinhas, a marujada, maracatu, jabuti bumbá e o carimbó. Esse é o objetivo da prefeitura de Rio Branco, que realizará três dias de folguedo no Novo Mercado Velho, sábado, domingo e segunda-feira das 16 às 22 horas. Na terça-feira, será a vez do desfile de cinco Blocos de Carnaval, na Avenida Epaminondas Jácome, a partir das 18 horas.

O Baile Infantil será realizado no sábado, 2. A Banda Furiosa da Polícia Militar fará apresentações diárias no Novo Mercado Velho.

Somente na terça- feira, durante o desfile dos Blocos Carnavalescos, o tráfego de veículos será proibido na Avenida Epaminondas Jácome. Toda a organização do trânsito na região, ficará por conta da RBTRANS.

Com relação ao Blocos, o presidente da Fundação Garibaldi Brasil, Sérgio de Carvalho, explica que este ano, não haverá premiação, por causa da crise econômica que afeta todo o Brasil, o que foi acordado com a direção das agremiações.

Baile Infantil

A artista Camila Cabeça, fará a apresentação do Show infantil Venha Forte que o Batuque é do Norte, Erês, Mirins e Curumins, que é um espetáculo multiinstrumental e lúdico. Ela explica que além do carimbo, também haverá o boi bumbá.

“Este espetáculo já foi apresentado em escolas por ser bem lúdico. Vou cantar João Donato entre outros artistas. Será uma festa para toda a família”, cita Camila Cabeça.

Nos bairros

Já nos bairros, segundo o presidente da FGB, Sérgio de Carvalho, este ano, a prefeitura vai entrar com apoio institucional: organização do trânsito pela RBTRANS e limpeza dos locais pela secretaria de Zeladoria da Cidade.

A festa popular será realizada em oito bairro, como Cadeia Velha, Esperança, Manoel Julião e Procon. Sérgio de Carvalho destaca que moradores e empresários dessas localidades se uniram para a realização do carnaval, aproveitando o know-how adquirido nos anos anteriores, quando a prefeitura promovia o carnaval nas localidades. Todos os líderes comunitários dos bairros solicitaram autorização da prefeitura para a realização do evento, por meio da SEINFRA.

“Esses moradores e empresários se empoderaram com o modelo adotado pela prefeitura em anos anteriores e vão fazer o carnaval este ano. Segundo os órgãos de segurança, esse modelo de carnaval do bairros, vem sendo um sucesso e sem violência”, conclui Carvalho, explicando que a determinação da prefeita Socorro Neri, é que o carnaval não atrapalhe o trânsito, nem altere rotas de ônibus ou interfira no cotidiano da cidade.

Da Assessoria

Fotos Arquivos/DECOM