“Morena abusada” é presa pela Polícia Civil

morena

Homens do Grupo Antissalto da Polícia Civil (GAPC) prenderam na manhã desta quinta-feira, 14, Adriana Soares Fidelis, 19 anos, mais conhecida no mundo crime como “morena abusada.” Ela é acusada junto com mais homens de assaltar a loja Digo e Nato no dia 30 de maio deste ano, localizada na rua Jatobá no Bairro Novo Horizonte em Rio Branco.

Segundo a polícia, Adriana e os dois comparsas de posse de uma de fogo adentraram o estabelecimento, renderam os funcionários e os clientes e roubaram os celulares e vários pertences da loja. Hoje pela manhã através de investigações a polícia conseguiu prender a acusada.

A “morena abusada” esta sendo ouvida pelo delegado e em seguida será encaminhada ao sistema prisional da capital.