Mortes e casos de COVID voltam a subir no Acre e preveem volta da fase vermelha

As mortes por COVID voltaram a subir muito e o Acre já contabiliza 521 óbitos, enquanto algumas lideranças religiosas se recusam a acatar os números, os indícios de agravamento e protesta contra o fechamento dos templos, determinado a pedido da Comissão do COVID.

Os números da doença, especialmente as mortes, voltaram ao patamar que estavam em final de junho. Hoje, o boletim da Sesacre aponta mais 11 óbitos totalizando agora 521. A média móvel hoje voltou para 47 óbitos semanais (6,7/dia),um aumento de mais de 30% quando comparado à 14 dias atrás.

Isso mostra como pode ser prematura a reivindicação da abertura do Estado, já que a transmissão voltou a apresentar tendência de alta elevada. Veja os gráficos que demonstram o agravamento da situação:

Esse gráfico mostra que as mortes semanais voltaram a subir e atingem o patamar que havia na última semana de junho.

O número de casos registrados diariamente, depois de estabilizado, começa a apresentar leve tendência de alta.