Mulher sofria ameaças para ter corpo de brasileira

A modelo Gracyanne Barbosa se pronunciou sobre uma polêmica envolvendo o nome dela que ocorreu na Inglaterra: um homem, chamado, Mohammed Anwaar, obrigou a esposa, Gemma Doherty, a seguir uma dieta restritiva e sessões de exercícios pesadas para que a inglesa ficasse parecida com Gracyanne ou com a socialite Kim Kardashian.

destaque-368662-gracyanne

Barbosa resolveu falar sobre o caso. Ela afirmou que considera uma honra ser um “exemplo de vida saudável e boa forma”, mas que, infelizmente, a “mente do ser humano é imprevisível…”.. Ela declarou que “cada um de nós tem que respeitar seu biótipo, sua estrutura. Ninguém precisa, nem deve, ser igual a ninguém”.

A modelo ainda disse que “cada um deve buscar seu estilo de vida ideal, sua forma física adequada, respeitando seus limites e sabendo que todo treino, alimentação, deve ser supervisionado por profissionais qualificados”.

Por fim, Gracyanne fala que “a responsabilidade com nosso bem-estar e nossa saúde deve sempre estar em primeiro lugar na nossa vida”.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, que divulgou a história de Mohammed, o homem mandava fotos de Gracyanne e Kardashian para a namorada, como exemplos de mulheres mais bonitas que ela, ameaçando-a com violência caso ela não cumprisse as ordens dele.

Gemma Doherty, 30 anos, contou, ao Daily Mail, que a rotina de terror durou mais de um ano. O namorado dela controlava o que ela podia vestir e o que poderia comer. Ele também a obrigava a fazer sessões de esteira (Gemma tinha que perder 500 calorias por dia) e comer até 50 latas de atum por semana.

O jornal informou ainda que o rapaz foi condenado a 28 meses de por comportamento violento e controlador.