Nazareth Araújo participa de união civil coletiva de 1,5 mil casais

A vice-governadora do Estado, Nazareth Araújo, participou da celebração de 1,5 mil casamentos, realizada na sexta-feira, 12, no Estádio Arena da Floresta, em Rio Branco.

2-580x387

A união coletiva foi promovida pelo Tribunal de Justiça do Estado (TJAC), em parceria com o governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour (FEM). “Com muito amor, celebramos a vida, a união e a felicidade desses casais”, declarou a vice-governadora.

Por meio do já esperado e conhecido Casamento Coletivo do Projeto Cidadão, o TJAC oferece, gratuitamente, o registro civil da união dos casais.

Entre os 1,5 mil, estavam Thomas Paixão, 19, e Luana Aguiar, 16,  um dos casais mais jovens. “Namorávamos havia três anos. Com o casamento, vamos construir nossa casa e formar definitivamente a família, com a chegada do primeiro filho”, comemorou Paixão.

O casamento coletivo também serve para oficializar casamentos que de fato já existem. É o caso do aposentado Francisco de Souza, 91, e Antônia Dóssima, 69. Depois de 31 anos de união, ambos disseram “sim”, em alto e bom som, ao juiz da cerimônia, Marcelo Badaró Duarte, e aos outros 1.499 casais, na Arena da Floresta.

“São décadas de convivência. Este documento vem para selar a nossa união e garantir nossos direitos e os da família”, destacou Souza.

A cerimônia, que teve direito a um altar montado no gramado da Arena da Floresta, contou com a participação musical da Banda Marcial da Polícia Militar, que embalou a entrada dos noivos.

Projeto Cidadão

O Projeto Cidadão é executado pelo TJAC para levar cidadania à população, com emissão gratuita de documentação pessoal, além de acesso facilitado a serviços de saúde, educação e segurança, por exemplo.

“Houve um grande esforço para garantir a continuidade deste que é o carro-chefe dos nossos programas sociais, garantindo o direitos dos cidadãos e sua emancipação civil”, disse a presidente do TJAC, Cezarinete Angelim.