No Acre, Caixa abre 5 agências bancárias neste sábado para pagamento do auxílio emergencial

Cezar Negreiros

Cinco agências bancárias da Caixa Econômica Federal (CEF) abre neste sábado no horário das 8:h às 12:h no estado,  para atendimento aos beneficiários do pagamento do auxílio emergencial. A segunda parcela do benefício, através do aplicativo Caixa Tem, que será disponibilizado para saque em espécie e transferências, conforme o calendário de pagamento, para aqueles que receberam a primeira parcela até 30 de abril.

As agências estarão abertas em todo o país, mas o saque do benefício em espécie estará disponível para os nascidos em dezembro. Em contrapartida, os beneficiários nascidos entre os meses de janeiro a novembro já contam com a possibilidade de realizar saques ou transferências bancárias.  A assessoria informa que a partir desse sábado, será a vez dos nascidos em dezembro, que poderão sacar a segunda parcela nas máquinas de autoatendimento ou nas unidades lotéricas, além de transferir valores para contas da Caixa ou de outros bancos.

Para sacar o benefício, é necessário gerar um código autorizador (token) no aplicativo Caixa Tem, mas nos casos que os beneficiários tenham dificuldade para gerar o código, esse serviço poderá ser realizado nas agências bancária que atendem até o meio dia de hoje, conforme o calendário de pagamento.  Os funcionários de plantão distribuirão senhas e, mesmo com as unidades fechando às 12h, o atendimento continua até o último cliente.  O banco, segundo a assessoria,  fechou parceria com  cerca de 1.280 prefeituras em todo o país para reforçar a organização das filas e manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas. A triagem nas filas foi reforçada, de forma que aqueles que não estão na data respectiva de pagamento em espécie não permaneçam no local.

Mais de 210 mil acreanos estão recebendo o auxílio emergencial do Ministério da Cidadania, mas 350 mil se cadastraram para conquistar o benefício de R$600,00.  A superintendência regional da Caixa Econômica Federal (CEF) já desembolsou a quantia de R$ 390 milhões para atender os beneficiários acreanos, os primeiros contemplados no estado foram as famílias inscritas no Programa Bolsa Família (PBF), em seguida, os inscritos no Cadastro Único (CadÚnico).  As famílias acreanas em situação de vulnerabilidade social que receberam o auxílio emergencial que estão inscritas no Cadastro Único (CadÚnico)  chegaram em torno de 138.241 famílias, enquanto no Programa Bolsa Família (PBF)  à casa das 86.735 famílias.  

A assessoria da Caixa esclareceu que os cidadãos inscritos no CadÚnico que  até  o dia 20 de março deste ano que tenham cumprido os requisitos legais, mas que não faziam parte do Programa Bolsa Família (PBF) também foram contempladas com o pagamento do benefício. A liberação dos recursos disponibilizados pelo Ministério da Cidadania levou  em conta o calendário de pagamento escalonados disponibilizados pela Caixa, ou por crédito na Poupança Social Digital da Caixa, ou conta poupança na Caixa ou no Banco do Brasil (BB). (Com informações da assessoria da Caixa)