Pacientes de Tarauacá são atendidos em mutirão realizado pelo governo

WhatsApp-Image-20160616-2-262x175

Até este domingo, 19, ao menos 27 pacientes serão submetidos a procedimentos cirúrgicos para retirada de hérnia, vesícula e linfoma, em mais um mutirão realizado pelo governo do Estado no Hospital Sansão Gomes, em Tarauacá. Os atendimentos se iniciaram na quinta-feira, 16.

A proposta da Secretaria de Saúde do Estado (Sesacre) ao promover os mutirões em municípios é zerar a fila para o Tratamento Fora Domicílio (TFD).

Maria Valdeni da Silva Moura, 57 anos, viajou três dias de barco para se submeter a uma cirurgia de vesícula. A paciente disse que está muito feliz por poder fazer a cirurgia em seu município. “Estava tendo crises quase todos os dias”, revelou.

Antes, esses procedimentos cirúrgicos eram feitos somente em Rio Branco e Cruzeiro do Sul ou quando a equipe do Hospital das Clínicas (HC) da capital se deslocava para atendimentos itinerantes nas unidades dos municípios.

Para a realização desses mutirões foi montada uma equipe multiprofissional composta por um clínico-geral, um anestesista e um médico cirurgião – todos profissionais que já atendem na unidade de saúde de Tarauacá.

“Queremos agradecer ao nosso governador, ao nosso secretário [de Saúde] Gemil Júnior e à equipe do hospital, que não mediram esforços para disponibilizar o que precisamos para a execução deste mutirão”, disse Anísia Aragão, diretora da Unidade de Saúde do Hospital Sansão Gomes.