Para evitar demissões, salários são reduzidos

A Rede Globo deve fazer propostas para negociar contratos milionários de estrelas da sua programação. A emissora quer reduzir o reajuste da inflação para manter o quadro de funcionários que compõem a grade de programas globais.

destaque-362322-foto

Os principais contratos a serem reestruturados são de apresentadores que ganham salários acima de R$1 milhão mensal. Caso de profissionais como Galvão Bueno, Luciano Huck e Ana Maria Braga.

A ideia da emissora é reajustar os salários apenas a 5% da inflação, diferente dos 12% dos últimos 12 meses. No caso dos salários de até R$ 1 milhão, a economia anual com o novo acordo deve render até R$600 mil reais em economia para a Globo, que poderá manter o quadro de funcionários dos programas, sem precisar fazer cortes.

No caso do jornalismo, a ideia da empresa é pagar os mesmos 5% aos profissionais. Após negociações, subiu para 6%. Os sindicatos, entretanto, reivindicam o aumento de 11%.

Procurada para comentar o assunto, a Rede Globo informou que não fala sobre a remuneração do seu elenco.