Pesquisa diz que  28 % dos acreanos vão  comprar  presente das mães em camelôs

Estudo divulgado nesta terça-feira, 5, mostra  que 88% dos consumidores de Rio  Branco têm intenção de comprar um presente para a mãe no Dia das Mães.

73% das mulheres e 68% dos homens ouvidos devem gastar até R$ 200 para marcar a data; 8% não se manifestou  e 3% afirma não considerar a data um motivo para gastos extraordinários. O Dia das Mães, considerada, a segunda melhor data para o comércio anualmente. O objetivo é demonstrar ao mercado as possibilidades para as compras de varejo.

O estudo é do  Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Acre, ligado à  Fecomércio e foi feita entre os últimos dias 20 e  25 de abril. Para a pesquisa, foram entrevistados 405 consumidores, sendo 55% do sexo masculino e, 45%, do feminino, todos maiores que 16 anos. Ainda de acordo com o estudo, 24% dos consumidores que desejam comprar algum presente devem gastar até R$ 100, de modo que apenas 2% está disposto a gastos acima de R$ 1 mil para este dia. Além disso.

Os perfumes ainda são os presentes mais escolhidos entre os entrevistados, com 22% da aprovação; seguido de roupas, com 17%; e calçados, com 16%. Dentre os locais de preferência dos consumidores para as compras no Dia das Mães, o shopping center da cidade é a preferência, com 36%. Outros 28% devem comprar os presentes em “comércios de rua”.

Para o pagamento, 43% dos entrevistados afirma que pagará na modalidade à vista, mas outros 40% apontam que utilizarão o cartão de crédito. Além disso, 18% dos consumidores afirmam que realizam gastos que comprometem a respectiva capacidade de pagamento, seja porque deliberadamente ultrapassam o limite de crédito ou porque não exercem controle de suas finanças. Os 82% que declaram não cometer excessos justificam comprar apenas o que podem pagar.