PM e Detran vão intensificar identificação das infrações de trânsito


publicidade

O comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar, major Lázaro Moura, e o gerente da 1ª Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), Valdeci Dantas, convocaram nesta segunda-feira, 28,  a imprensa de Cruzeiro do Sul para entrevista coletiva com o objetivo de divulgar um novo posicionamento em relação às infrações de trânsito.

crz-transito

Isso porque, segundo as autoridades, não é admissível que o trânsito em Cruzeiro do Sul já tenha causado, só neste ano, 15 mortes, embora a frota local tenha aumentado muito nos últimos tempos e alcançado um total próximo a 30 mil veículos, dos quais quase a metade é de motocicletas.

A partir de agora, segundo informou o major Moura, será intensificado o monitoramento das câmeras de segurança instaladas na cidade para identificação das infrações de trânsito.

As câmeras têm um alcance de 900 metros e podem identificar as placas e os próprios infratores. Em locais não cobertos pelas câmeras e com histórico de infrações o policiamento será reforçado.

“Resolvemos tomar uma atitude mais enérgica, mais ativa. Não com objetivo de arrecadar dinheiro, mas para que tenhamos um trânsito mais tranquilo. Queremos formalizar isto para a população para que ela seja nossa colaboradora evitando as infrações de trânsito. Queremos melhorar a parceria com condutores e pedestres”, disse.

Novos semáforos

O gerente da 1ª Ciretran conta que as principais causas de acidente são a irresponsabilidade, excesso de velocidade, uso de bebida alcoólica, dirigir usando o celular e não utilização do cinto de segurança.

Ele salientou que ao mesmo tempo em que a fiscalização será endurecida, também vão continuar as campanhas de mobilização social e de educação para o trânsito.

Dantas ainda anunciou a instalação até o fim do ano de dois novos semáforos: um na entrada do bairro São José e outro na Avenida 25 de Agosto.