PMDB domina indicações de cargos federais no Acre


publicidade

25106084076_aac32922ca_b

O presidente em exercício Michel Temer já estaria com a relação dos indicados para ocuparem os principais cargos federais do Acre. A informação foi confirmada A Tribuna por um parlamentar da base aliada que integra a bancada do Acre. Na mesma lista também estariam acreanos indicados para cargos do segundo escalão na esfera federal. Um dos mais importantes, depois da presidência do Basa, que tende a permanecer com Marivaldo Melo, seria a indicação de Maria Alice, prima do deputado federal Flaviano Melo para um cargo de direção na área de infraestrutura e um cargo de direção no Ibama ou ICMbio nacional.

A lista teria sido entregue a Temer na manhã desta quarta-feira, durante reunião com líderes da base aliada no Congresso Nacional, quando foi apresentada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que cria o Novo Regime Fiscal e que contou com a participação de deputados e senadores.

A lista traz inúmeras mudanças nos cargos federais do Estado. Da direção do Incra à superintendência da Caixa Econômica, passando por Embrapa, Incra, Basa, Superintendência Federal da Agricultura e Ibama, seriam órgãos que passariam por mudança de direção, além de Correios, Sest/Senat, Sesi, Suframa, ICMbio e Infraero. Devem ser mantidos no cargo, o diretor presidente da Eletrobrás Distribuidora no Acre, Ricardo Alexandre Xavier Gomes, indicação do senador Gladson Cameli, o superintendente da Funasa, Raphael Bastos, indicação do deputado federal Alan Rick e o superintendente da Pesca, Samir Pinheiro.

O partido que deve ter maior número de indicações é o PMDB, que indicou cargos importantes como o novo superintende do Ibama e coordenação do ICMbio, além de Incra, Delegacia da Agricultura, entre outros cargos, que incluem a área de saúde. O senador Gladson Cameli, além de manter a direção da Eletrobrás, indicou a superintendência da Caixa Econômica Federal e mais dois cargos não revelados. O senador Petecão tem como principal indicação a direção regional dos Correios, que ainda está sob o comando de um indicado do deputado federal Sibá Machado.