Polícia contra-ataca e prende 32 criminosos em menos de 12 horas


publicidade

a448f16a-07ae-40de-b742-83c9d2db49c0

Em resposta às execuções que ocorreram em Rio Branco na última semana, as forças de Segurança do Estado prenderam 32 pessoas entre a noite de sexta-feira, 21, e a manhã de sábado, 22. Nas ações, os policiais apreenderam também armas, munições, veículos, dinheiro, máscaras etc.

Suspeitos de integrarem grupos criminosos foram presos e a reunião de uma quadrilha foi desarticulada pelos policiais. Entre diversas ações executadas pelas forças polícias entre sexta e sábado, três são responsáveis pelas prisões e apreensões citadas.

O principal objetivo das operações é desarticular e enfraquecer a atuação dos grupos criminosos que estão em guerra no Estado do Acre. O Governo do Estado afirma que as ações devem continuar até que atentados a vida e a bens públicos não seja mais uma realidade no Acre.

Criminosos furam blitz e são presos

A Polícia Militar prendeu 5 integrantes de um grupo criminoso e um menor de idade na noite de sexta-feira. Os criminosos estavam divididos em dois veículos e furaram uma blitz da Álcool Zero, nas proximidades do Parque Industrial, no Segundo Distrito. Na tentativa de fugir, os veículos seguiram rotas diferentes, mas foram acompanhados pelos policiais.

81852d7b-700d-4c00-ac3e-4d4c07a9f0a4

Um dos carros foi interceptado nas imediações do Belo Jardim, na BR-364. Após troca de tiro com os policiais, três criminosos foram baleados, presos e receberam atendimento médico. Com eles estava um menor de idade, filho de um dos integrantes do grupo.

Os outros criminosos também trocaram tiros com os policiais e deixaram o veículo na Rua da Tripa, região da Baixa da Colina, e tentaram a pé fugir pela mata às margens do igarapé São Francisco. Nas proximidades do local, os policiais identificaram uma dupla suspeita em uma casa e a prendeu.

No a ação foram apreendidas três armas, sendo um fuzil tipo MosqueFal calibre 7,62 e um rifle adaptado, além dos dois veículos utilizados pelos criminosos.

Reunião do crime é flagrada no S. Francisco

As forças de segurança do Estado perderam 16 suspeitos de integrarem um organização criminosa em ação realizada na noite de sexta-feira,21, na região do São Francisco. Quatro mulheres e doze homens foram conduzidos à Delegacia de Flagrantes (Defla).

Os suspeitos estavam em uma residência alugada por uma das mulheres, que supostamente é namorada de um líder da facção, que está preso por envolvimento com o tráfico de drogas. A ordem da reunião teria saído de dentro do presidio com o intuito de aumentar a área de atuação do grupo e eliminar integrantes de outros grupos.

0afce729-c8fc-448f-97cc-f1440ac8c65b

Na operação, os policiais encontraram com uma escopeta artesanal, dois revólveres, munições e um carregador de pistola. Os suspeitos eram monitorados pela Inteligência da Segurança Pública, por estarem hospedados na residência de uma suspeita.

Operação prende 12 na Baixada do Sol

As forças de segurança deram cumprimento a quatro mandados judiciais na região da Baixada do Sol, na manhã de sábado. Os policiais civis e militares apreenderam uma carabina adaptada, uma pistola 9mm, munições, máscaras e dinheiro, e conduziram 12 pessoas à delegacia suspeitas de envolvimento com o crime organizado.