Prefeito de Feijó alvo de operação da PF contra crime eleitoral

A Polícia Federal desencadeou hoje (18) operação contra sete pessoas em Feijó, incluindo o prefeito Kiefer Cavalcante acusadas de associação criminosa, peculato e crimes eleitorais, desvio de recursos públicos e ameaça. Foram feitas buscas por mandado judicial na casa do prefeito, de secretários municipais, um vereador e de pelo menos um empresário local.

Ainda com poucas informações, sabe-se que a Polícia Federal identificou, por meio de investigações, que servidores públicos municipais teriam desviado materiais pertencentes à prefeitura de Feijó para compra de votos na eleição de novembro.

Foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão em gabinetes e residências dos investigados. A PF ainda deve divulgar detalhes da operação.