Prefeituras registram queda de R$ 30 mi, dos repasses constitucionais

A pandemia do coronavírus impactou significativa nos repasses constitucionais destinados as prefeituras acreanas, a redução da receita chega em torno de R$ 30 milhões, quando comparado os dois últimos meses em comparação com os dois primeiros meses deste ano. As prefeituras acreanas receberam um aporte de recursos na ordem de R$ 17.088.598,44 dos repasses constitucionais.

A 1ª parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) destinou a quantia de R$ 13.878.555,99, mas a 2ª parcela caiu para apenas R$ 3.210.042,45. O montante é bem maior que o montante do mês passado que ficou em torno de R$ 12.804.298,09, mas da pandemia do coronavírus o percentual destinados aos municípios acreanos chegam a casa dos R$ 22.196.337,57.

As prefeituras acreanas receberam no mês de fevereiro a quantia de R$42.897.974,48, o valor bem maior que de janeiro que ficou em R$26. 697.610,59, que somados os dois chegaram em torno dos R$69.595.585,07. Os relatórios disponibilizados pela Associação dos Municípios do Acre (Amac), no entanto, apontam uma queda do FPM, principal receita para os prefeitos tocarem os seus municípios.

A prefeitura de Rio Branco a quantia de R$ 10.309.933,75; Cruzeiro do Sul tocou R$ 998.633,34 e Tarauacá o percentual de R$ 475.345,54. Em contrapartida, a prefeitura de Feijó, com R$ 438.008,12; Sena Madureira, com R$ 398.270,11; Senador Guiomard, com R$ 222.310,96 e Xapuri a quantia de R$ 351.854,19. Os municípios de Marechal Thaumaturgo R$ 299.677,13; Plácido de Castro R$ 345.562,47; Porto Acre R$ 328.663,37; Porto Walter R$ 216.777,66 e Rodrigues Alves o percentual de R$ 330.891,55.

A prefeitura de Acrelândia recebeu a quantia de R$ 287.568,93, enquanto Brasileia o percentual de R$ 491.016,32 e Epitaciolândia tocou R$ 238.586,70. Já o município de Mâncio Lima tocou R$ 346.115,11; Bujari ficou com R$ 237.287,08; Capixaba, com R$ 147.703,93. Os demais municípios ficaram com os menores percentuais: Assis Brasil, com R$ 160.274,47; Jordão, com R$ 168.194,72; Manoel Urbano, com R$ 145.810,83 e Santa Rosa do Purus, com R$ 150.112,16.