Prêmio de Jornalismo do MP: Editor do jornal Extra, do RJ, é o convidado da 7ª edição

No dia 24 de março, a partir das 21 horas, no hotel Villa Rio Branco, serão conhecidos os vencedores do 7º Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC). O convidado desta edição é o jornalista e editor do Jornal Extra, do Rio de Janeiro, Fábio Gusmão.

Gusmão é consultor de estratégias digitais, jornalista há 22 anos, é editor do Jornal Extra onde foi repórter e editor assistente. Vencedor do Prêmio ‘Essa de Reportagem’, ‘Prêmio Embratel’, ‘XXII Prêmio de Diretos Humanos de Jornalismo’, ‘Prêmio Tim de Jornalismo Investigativo’ e menção honrosa no ‘XXVIII Prêmio Vladimir Herzog’.

O jornalista fará uma palestra sobre Informação e desinformação na era das redes sociais no dia 23, e será o convidado especial da solenidade de entrega das premiações do 7º Prêmio de Jornalismo do MPAC, encerrando a II Semana de Comunicação do Acre.

O encerramento da noite será com o cantor cearense Waldonys Menezes. Sanfoneiro por influência do pai, aos 13 anos Waldonys conheceu Dominguinhos com quem, um ano depois, gravou o LP “Choro Chorado”, aos 15 anos houve um avanço ainda maior: gravou com o consagrado Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Impressionado com o desempenho do menino, Gonzagão carinhosamente o chamou de “Garoto Atrevido”.

O cantor já participou de turnês e gravações com Fagner, Marisa Monte, Zé Ramalho, Geraldo Azevedo e Adriana Calcanhotto, entre outros. Em sua carreira já gravou 9 álbuns, vários em homenagens ao eterno Rei do Baião.

O Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Estado do Acre surgiu em 2010 com a finalidade de incentivar a inserção de notícias positivas na mídia, reconhecendo e estimulando a atuação da imprensa como difusora de informações e formadora de opinião.