Reitoria da Ufac deve retomar o ano letivo com as aulas não presenciais

Cezar Negreiros

O conselho Universitário (Consu) da Universidade Federal do Acre (Ufac) decidiu por 67 votos favoráveis e 25 contrários a retomada do ano letivo em agosto. A reitoria da instituição deve lançar nos próximos dias editais destinados a aquisição de notebooks, tabletes e pacotes de internet das operadoras para serem distribuídos aos estudantes em situação de vulnerabilidade social. “Por enquanto, foi aprovado o retorno do ensino remoto das aulas não presenciais, mas agora temos de debater as  ferramentas que usaremos no ensino on-line”, observou o professor Moisés Lobão, secretário-geral da Associação dos Docentes  da Universidade Federal do Acre (Adufac).

A decisão do Consu foi pelo retorno das aulas não presenciais, através do sistema remoto de Educação à Distância (EaD). Os poucos professores  que não tinham contato com a tecnologia, devem recomeçar o replanejamento de suas aulas mediadas por novas ferramentas e plataformas, mas sempre com a apoio do setor de Tecnologia de Informação (TI), para que eles possam utilizar as ferramentas e tutoriais de avanços tecnológicos, que nem sempre eram adotados nas aulas presenciais. Agora precisarão demonstrar a capacidade de enfrentar os novos desafios impostos, tanto pela exigência de modernização do ensino presencial, como pela urgência dos professores de adaptação ao ensino remoto.

Desde o começo do mês que um Grupo de Trabalho (GT) composto por professores, pessoal de apoio e estudantes estavam debatendo a possibilidade do ensino remoto na graduação.  Sem nenhuma previsão da retomada das aulas presenciais nas universidades públicas por conta da pandemia do coronavírus, a Reitoria da Ufac em parceria com o Conselho Universitário já tinham decidido pelo retorno das aulas remotas nos cursos de pós-graduação na semana anterior. 

Apesar de alguns professores discordarem da educação remota nos campus (Rio Branco e Cruzeiro do Sul), inclusive nos núcleos da instituição por falta de  banda larga na maioria dos municípios longínquos.   A Associação dos Docentes  da Universidade Federal do Acre (Adufac) chegou a manifestar contrário, a  adoção o sistema de EaD de qualquer jeito porque excluiria os alunos de baixa renda.  A Portaria nº 343/2020, do Ministério da Educação (MEC) autoriza a retomada das aulas não presencial nos universidades públicas. Agora as disciplinas práticas e de estágio que o MEC não autorizou a realização no primeiro semestre deverão ser ministradas neste segundo semestre, bem como qualquer disciplina que não tenha sido ofertada na grade curricular da instituição.