Reunião firma pacto por melhorias na escola Dom Bosco

O secretário Estadual de Saúde (Sesacre), Gemil de Abreu Júnior, recebeu durante a segunda-feira, 27, uma comissão composta de mães de alunos atendidos pelo Centro de Ensino Especial Dom Bosco. O objetivo do encontro foi discutir melhorias, tanto física, quanto de profissionais na unidade, que atende, atualmente, 246 alunos com educação especial e acompanhamento nas escolas do ensino regular.

DSC_0517-580x387

Além disso, na área de saúde, existe o oferecimento de fisioterapia e acompanhamento com profissionais como fonoaudiólogos e terapeutas.

Durante a reunião, que contou ainda com a participação do deputado estadual Raimundinho da Saúde e de representantes do Conselho Estadual de Saúde, Gemil Júnior destacou que há um entendimento de que a unidade precisa de melhorias e que a Sesacre vai se esforçar para atender as demandas o quanto antes. “Vamos verificar a possibilidade de colocar novos profissionais para atender aos alunos e também iremos procurar um novo local que possa proporcionar um atendimento com mais qualidade”.

As mães presentes à reunião saíram satisfeitas com o comprometimento da secretaria em melhorar os serviços oferecidos pelo Dom Bosco.

“A gente percebeu que estão em busca de soluções das crianças com deficiência. Vamos aguardar então nas próximas semanas para que nos apresentem o que teremos de melhorias”, afirma Sávia Miranda, mãe de uma criança de dois anos atendida pela unidade.

Quem também saiu satisfeito da reunião foi o responsável pelo serviço de fisioterapia do Dom Bosco, Raimundo Castro. “Sem dúvida nenhuma o encontro nos deixou satisfeitos. O secretário está sensibilizado e vamos, em breve, melhorar as condições de atendimento de quem precisa dos nossos serviços”.