Rio Branco concentra 77% dos médicos do Estado

Rio Branco possui 4,02 médicos para cada mil habitantes na comparação com as cidades do interior, o que deixou a cidade na 7ª posição entre as capitais com o menor quantitativo de profissionais. Os dados fazem parte da Demografia Médica 2018 divulgada ontem pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Foto: Reprodução

O levantamento apontou que a capital acreana só perde para as maiores cidades de São Paulo (2,46), Rio de Janeiro (2,83), Mato Grosso (2,89), Rondônia (3,26), Tocantins (3,43) e Roraima (3,92).

Dos 966 profissionais com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM), 22,8% dos médicos trabalham espalhados pelos outros 21 municípios do Acre, o que representa 220 médicos atendendo 446.176 habitantes. Apenas Rio Branco possui 746 profissionais para 383.443 moradores.

Diferentes de outras regiões, 61% dos médicos são homens.

Quando comparado com outros Estados, o Acre representa 0,2% do total de médicos atuando em todo o Brasil 451.777 pessoas.

Segundo o levantamento, existem 2,18 profissionais para cada mil habitantes em todo o país, enquanto no Acre essa razão é de 1,16 para cada mil moradores.

O estudo apontou ainda que 52% dos médicos acreanos são especialistas.

“O estudo mostra risco de desassistência médica em cidades do interior do Acre. Além de ser necessária a criação de um plano de carreira de estado para oferecer profissionais para o interior”, finalizou o presidente do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC), Ribamar Costa.

Freud Antunes