Secretário Frank Lima fala do público-alvo que será vacinado

O secretário municipal de Saúde, Frank Lima disse que o lançamento da campanha de vacinação contra a covid-19 começa nesta quarta-feira (20) no Lar dos Vicentinos, às 8 horas da manhã, conforme campanha simultânea que acontece em todo país. Ainda amanhã pela manhã as equipes de vacinadores da Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa) percorrem o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (INTO-AC), o Pronto-Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Unidade de Referência em Atenção Primária (Urap) Maria Barroso, para vacinar os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate ao coronavírus no estado.

Lima disse que a Semsa contará com um lote para 3.568 doses imunizar os profissionais de saúde e os idosos acima dos 75 anos em abrigos. Destacou que não consegue enxergar que os professores retornem as escolas para ministrar aulas presenciais sem estarem imunizados. “Assim que chegar o segundo lote de vacina, vamos continuar o trabalho de imunização dos outros grupos de risco”, observou.

Estrutura – O gestor municipal pretende usar a rede municipal de atenção básica que conta com 46 Unidades Básicas e Saúde (UBS) e 12 URAP’s (Unidades de Referência da Atenção Primária) como postos de vacinação da população rio-branquense. Estas unidades básicas, segundo ele, têm o cadastro de todos estes pacientes idosos e com morbidades assistidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A população da capital é estimada em torno de 413.418 pessoas e os idosos chegam a casa dos 50 mil. No estado, eles chegam aos 71,1 mil pessoas com mais de 60 anos de idade, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A Semsa deve contar com mais de 100 profissionais envolvidos na campanha de vacinação que começar no Lar dos Vicentinos, além de promover dois drives thru para evitar aglomerações e destacar uma outra equipe volante para atender os idosos acamados. Foram disponibilizadas 41 mil doses para atender todo Acre, mas até a primeira quinzena de fevereiro deve chegar o segundo carregamento com mais 170 mil doses.

Na primeira etapa da campanha, quando as demais doses chegarem, serão imunizados 6.343 profissionais da saúde, 244 idosos e 12.815 indígenas que juntos perfazem 19.402 pessoas. A Semsa prevê o recebimento de 189.105 doses da Coronavac, para imunizar os idosos na faixa etária dos 55 a 59 anos, com 10.555 doses, enquanto entre 50 a 54 anos, a quantidade de 13.769 doses. As demais faixas etárias ficaram assim distribuídas: 45 a 49 anos (16.749), 40 a 44 anos (21.579), 35 a 39 anos (25.006), 30 a 34 anos (31.193), 25 a 29 anos (34.956) e 20 a 24 anos (35.298).