Segundo turno registra abstenção histórica de 32,11% na Capital

Foto: Dharcules Pinheiro/A Tribuna.

Cezar Negreiros

Abstenção no segundo turno da Capital acreana foi de 32,11%, o que corresponde por 82.427 eleitores rio-branquenses que não compareceram as suas seções eleitorais para votar em um dos dois candidatos. Este percentual é bem maior da abstenção contabilizada no primeiro turno que registrou quase 27% do eleitorado estimado na casa dos 69.904 pessoas, conforme os dados divulgados pelo Tribunal Regional Eleito-ral do Acre (TRE-AC).

O levantamento apontou que 4.473 eleitores votaram nulo, o que representa 2,57%, enquanto os votos brancos chegaram aos 3.328 que corresponde por 3.328 (1,91%). No primeiro turno, foram registrados 5.939 voto nulos, os votos em branco beirou os 3.368 eleitores, mas na eleição municipal de 2016 a abstenção registrada em Rio Branco foi de apenas 15,87%, sendo 9. 537 votos nulos (4,70%) e 3.202 votos em branco (1,59%).

A Capital acreana conta com aproximadamente 256.673 eleitores, somente 174.349 eleitores compareceram para votar, no primeiro turno chegou aos 177.462 eleitores que votaram nos seus candidatos escolhidos para a prefeitura de Rio Branco. Em 2018, a abstenção registrada no Estado chegou a quase 19%, os votos nulos beiraram a casa dos 19.115 que corresponde por 4,31% dos votos válidos e em branco fechou nos 7.238 que representava 1,63% dos votos na-quela ocasião.

A Capital acreana registrou uma abstenção de aproxima-damente 17,04%, sendo 8.368 votos nulos (3,95%) e 3.621 brancos (1,17%).