Sesp apresenta às polícias o rádio digital para as viaturas policiais

sesp2-580x348

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) apresentou às Polícias Militar, Civil, ao Corpo de Bombeiros e ao Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) o novo sistema de rádio digital. A palestra ocorreu na manhã desta quarta-feira, 3, no auditório do 1° Batalhão de Polícia Militar (BPM). A radiocomunicação digital visa melhorar os trabalhos das viaturas da Segurança.

O secretário Adjunto de Integração Operacional da Sesp, coronel Ricardo Brandão, enfatizou a importância do novo sistema de comunicação nas Rádios Patrulhas (RP) da PM. “A rádio comunicação digital potencializará o entendimento entre os policiais em serviço, consequentemente, a melhor prestação do serviço público”, frisou.

A palestra foi ministrada pelo gestor do Projeto do Rádio Digital, Leonardo Barroso, que explicou aos presentes, sobre como funcionará o novo sistema de comunicação. “Será imprescindível para a Segurança Pública, pois é um sistema de radiodifusão que utiliza o espectro eletromagnético para transmitir sons, assim, potencializando a comunicação”, disse.

Entenda o sistema de radiocomunicação digital

O rádio digital, assim como o rádio analógico, é um sistema de radiodifusão que utiliza o espectro eletromagnético para transmitir sons. No Brasil, começou a ser pensado e testado em meados da década de 2000. Em março de 2010, o ministro das Comunicações Hélio Costa publicou a portaria 290 que institui o Sistema Brasileiro de Rádio Digital (SBRD), dando disposições sobre os pré-requisitos que o sistema deveria atender.

A comunicação será ininterrupta ao longo da BR-364, de Rio Branco a Cruzeiro do Sul, possibilitando ao agente de segurança, quando estiver dentro de uma viatura, ter comunicação com os municípios, ou seja, caso ocorra um acidente ao longo da estrada, em um local isolado, a partir dessa ação policial, o indivíduo passa a ter a vida salva, pois será enviado o pedido de socorro de forma imediata.